Zika pode esconder-se e reproduzir-se no tecido vaginalNotícias de Saúde

Sábado, 03 de Setembro de 2016 | 63 Visualizações

Fonte de imagem: huffingtonpost

A transmissão vaginal do vírus pode ser mais comum do que se imaginava.

Esta semana já um estudo haviam sido reveladas as conclusões de um estudo que mostra como o vírus do Zika destrói o cérebro dos bebés e entretanto outro estudo descobriu que o vírus se pode esconder e reproduzir no tecido vaginal.

Há algum tempo que os cientistas sabem que o vírus pode ser transmitido sexualmente através do sémen do homem, mas em Julho descobriram dois casos em que o Zika foi transmitido por mulheres, depois de o vírus se ter escondido no seu muco cervical.

Mas agora um novo estudo apresenta resultados alarmantes que sugerem que a transmissão sexual do vírus através do órgão genital feminino pode não ser assim tão rara.

De acordo com os resultados de um estudo publicado na revista cientifica Cell o vírus do Zika consegue esconder-se e reproduzir-se no tecido vaginal.

Os investigadores da Universidade de Yale infetaram as vaginas de ratas de laboratório virgens e grávidas com o vírus do Zika e verificaram que o vírus se pode esconder no tecido vaginal durante sete dias ou mais.

Sendo que nas ratas grávidas o vírus se espalhava infetando o cérebro do feto. Claro que os ratos não são iguais aos humanos, mas os investigadores alertam que esta conclusão é mais um motiva para todas as mulheres terem cuidado e não fazerem sexo sem contraceção de barreira.

Partilhar esta notícia
Referência
POR Vânia Marinho

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados