Vitamina D: Como saber se está em falta ou em excessoNotícias de Saúde

Domingo, 28 de Agosto de 2016 | 2876 Visualizações

Fonte de imagem: huffingtonpost

Especialista revela os principais sintomas a que deve estar atento.

Depois de ter revelado como a vitamina D pode ser benéfica para a saúde das pessoas, o Dr. José António Pereira da Silva, internista, reumatologista e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, destaca os principais sinais que podem indicar que está com falta ou com excesso desta vitamina.

Um défice de vitamina D no nosso organismo pode fazer-se notar através de sintomas como: fadiga prolongada, dor nos ossos, tristeza ou depressão, infeções frequentes, pele mais escura, obesidade e transpiração na cabeça.

Geralmente quem tende a ter falta desta vitamina são as pessoas mais velhas, quem passa menos tempo ao ar livre (seja em trabalho ou em lazer), as pessoas de pele escura, as crianças e as grávidas.

Já o excesso de vitamina D no nosso organismo durante um período de tempo mais alargado “pode causar intoxicação e determinar concentrações elevadas de cálcio no sangue”, conta o especialista. Os primeiros sintomas de excesso de vitamina D poderão ser a perda do apetite, náuseas e vómitos, seguidos de sede excessiva, aumento da necessidade de urinar, fraqueza, nervosismo e hipertensão arterial. E a função renal também pode ser afetada.

Antes de se começar a tomar suplementos de vitamina D deve sempre consultar o seu médico. O Dr. José António Pereira da Silva destaca: “É importante ouvir as suas recomendações quanto à forma de administração destes suplementos de forma a evitar algumas situações, como a toma excessiva dos mesmos”.

Partilhar esta notícia
Referência
Vânia Marinho

Notícias Relacionadas