Viagra pode causar danos irreversíveis na visãoNotícias de Saúde

Quarta, 01 de Outubro de 2014 | 1423 Visualizações

O uso do comprimido azul pode não ser seguro para quem sofre de retinite pigmentosa, avançou o “DN”.

A doença afeta uma em cada 50 pessoas e pode piorar caso se tome o medicamento contra a disfunção eréctil, de acordo com um estudo australiano, citado pelo "The Guardian". 

Já se sabia que o princípio ativo do viagra (citrato de sildenafila) pode causar problemas temporários na visão em pessoas saudáveis. O que o estudo da Universidade da Nova Gales do Sul vem demonstrar agora é que o tratamento pode não ser suficiente em casos de retinite, uma das doenças oftálmicas mais comuns. Uma em cada 50 pessoas é portadora do gene que pode desencadear a doença. 

«Os efeitos secundários incluem sensibilidade à luz, visão distorcida e alteração das cores», disse Lisa Nivison-Smith, do departamento de Optometria e Visão da universidade australiana. «Estamos preocupados com o facto de pessoas com visão normal mas que possuem o gene da doença, possam ser mais susceptíveis a estas mudanças», acrescentou.

Os cientistas publicaram as conclusões dos seus estudos no “Experimental Eye Research”. Testaram o fármaco em ratos saudáveis e ratos com o gene mutante que pode desencadear a doença. 

Os animais saudáveis tiveram problemas de visão durante dois dias, os portadores do gene ficaram afetados durante duas semanas. 

Foram também encontrados sinais de morte celular nos olhos dos ratos portadores do gene.

Partilhar esta notícia
Autor
DN
Referência
The Guardian

Notícias Relacionadas