Vasos sanguíneos: como se formam?Notícias de Saúde

Quarta, 11 de Novembro de 2015 | 293 Visualizações

Fonte de imagem: footage.framepool

Investigadores do Instituto de Medicina Molecular (iMM Lisboa) vão estudar a formação dos vasos sanguíneos para melhorar as terapêuticas em doenças, como tumores e cancro, ou prevenir acidentes vasculares.
 
"O objetivo é compreender como é que os vasos sanguíneos se formam e são estruturados naquela rede hierárquica chamada árvore vascular, com as várias ramificações", disse à agência Lusa o investigador Cláudio Franco.
 
O investigador compara aquele sistema à rede nacional de estradas, com várias veias e artérias, umas maiores e outras mais pequenas, servindo como meios de comunicação, de transporte de vários elementos como nutrientes e oxigénio ou de excessos produzidos pelo organismo.
 
O projeto, financiado pelo Conselho Europeu de Investigação em 1,5 milhões de euros, vai concentrar-se em descobrir quais os mecanismos que permitem a hierarquização da rede vascular, quais as regras ou mecanismos que regulam e que levam à formação desta rede complexa com vasos de vários calibres, uns maiores outros mais pequenos.
 
Esta compreensão "é importante para trazer um novo conhecimento que irá permitir uma melhor intervenção terapêutica, tanto em casos excesso de formação de vasos, como acontece às vezes nos tumores e em cancro, como em doenças como as malformações arteriovenosas", explicou Cláudio Franco.
 
"Sabendo as regras do jogo, depois podemos usar as várias peças ao nosso dispor para tentar manipular o sistema de modo a que vá no sentido de ter uma rede mais eficiente, mais funcional e prevenir casos de disfunções, por exemplo, de oclusões dos vasos ou de problemas de acidentes vasculares", disse o investigador.

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo do Instituto de Medicina Molecular

Info-Saúde Relacionados