Uso indiscriminado de suplementos causa problemas renaisNotícias de Saúde

Sábado, 30 de Maio de 2015 | 145 Visualizações

Os suplementos alimentares ricos em vitaminas, minerais e proteínas tornaram-se presença frequente (e essencial) na alimentação de muitos amantes da atividade física. Contudo, são poucos os que se aconselham com um médico antes de os começarem a consumir e são outros tantos os que procuram médicos devido a problemas renais… devido ao uso indiscriminado destes produtos suplementares.

O jornal brasileiro O Tempo dá conta de um aumento significativo de casos de insuficiência e calcificação renal, intoxicação e hipervitaminose devido ao boom do fitness e da corrida, que nos últimos meses tem ganho adeptos de uma forma quase inimaginável.

Carmen Tzanno, presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), foi a primeira a emitir o alerta de uma situação que não é apenas comum no Brasil e que acontece um pouco por todo o mundo, em especial nos países em que o culto do estilo de vida saudável é mais forte.

Mas não são apenas os suplementos que preocupam. A obsessão pela alimentação saudável pode, a longo prazo, trazer sérios problemas: “Pelo andar da carruagem, é possível que, dentro de dez ou 15 anos, comece a aparecer cada vez mais pessoas com um tipo de doença renal terminal secundária devido ao uso abusivo de proteínas, sejam elas de suplementos ou não”, critica Tzanno, referindo-se à recente ‘moda’ de consumir proteína em todas as refeições, recorrendo-se, muitas vezes, a uma ingestão desmedida de claras de ovo (com alto valor proteico, mas pobre em calorias e gorduras).

Além de o excesso de proteína poder causar doenças renais silenciosas, Tzanno alerta também os riscos de dietas como a Dukan, que, se aliada aos suplementos proteicos (como seja de soro de leite ou de soja), acaba por causar uma formação de pedras nos rins.

Partilhar esta notícia
Referência