Uso incorreto de descongestionante nasal pode prejudicar a saúdeNotícias de Saúde

Domingo, 05 de Junho de 2016 | 90 Visualizações

Fonte de imagem: textosinteressanteseatuais

A estação das alergias ainda não acabou e se anda com o nariz entupido, esta notícia é para si.

Fatores como a falta de humidade, o ar frio dos locais com ar condicionado, o contacto com ácaros e pólen e aglomerações de pessoas, facilitam o aparecimento de doenças respiratórias, tendo como principal sintoma a obstrução nasal.

Para o alívio rápido deste desconforto, muitas pessoas optam pela automedicação, escolhendo principalmente os descongestionantes nasais, que atuam diminuindo o tamanho dos vasos sanguíneos, que estão dilatados quando tem gripe ou alergias.

Segundo o otorrinolaringologista Eduardo Landini Lutaif Dolci, quando não são utilizados da forma correta, estes remédios podem provocar problemas cardíacos, rinite e dependência física/química e psicológica.

"Com o uso recorrente, são necessárias quantidades cada vez maiores do medicamento para ter o efeito imediato de desobstrução. Porém, nosso organismo reage a essa ação e promove uma congestão cada vez maior do nariz. Além disso, o nariz absorve quantidades cada vez maiores do fármaco, que passa a atingir a corrente sanguínea do corpo todo”, explica o especialista.

Antes de optar pelo uso destes medicamentos, o ideal é que o paciente consulte um especialista. Além disso, algumas técnicas simples como lavar as narinas com soro fisiológico, deixar recipientes com água nos quartos e manter uma boa higiene ambiental diariamente ajudam a aliviar o desconforto sem que seja necessário o uso de medicamentos.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados