Urina é a causa dos olhos vermelhos pós-piscina, informa órgão dos EUANotícias de Saúde

Domingo, 28 de Junho de 2015 | 85 Visualizações

Os especialistas em qualidade de água do CDC (Centros de Controlo de Doenças e Prevenção, na sigla em inglês), órgão federal dos EUA, lançaram uma campanha contra o acto de urinar em piscinas. Para isso, encomendaram uma pesquisa sobre os principais mitos relacionados com a prática de fazer xixi dentro de água.

Segundo o estudo, realizado pela empresa Survata, a pedido do CDC, quase metade dos americanos pesquisados acredita que há produtos químicos adicionados à água da piscina que detectam a urina e tornam a água vermelha. Isso é um mito. Outros 71% culpam o cloro pelos olhos vermelhos dos nadadores. Isso também é mito. Porém a causa real dos olhos vermelhos é ainda mais “ardida” que o cloro.

«Cloro e outros desinfectantes são colocados nas piscinas para destruir os germes. Urinar na piscina esgota o cloro, causa irritação nos olhos e torna-os vermelhos», afirmou a chefe do programa de natação saudável do CDC, Michele Hlavsa. Segundo ela, a solução para tratar os olhos vermelhos seria simplesmente a "cortesia" de não urinar na piscina.

«Os olhos dos nadadores são o real indicador de que há xixi na piscina», completou o CEO da NSPF (Fundação Nacional de Piscinas, em português), Thomas M. Lachocki, em entrevista ao site da fundação.

«O cheiro de cloro na piscina não é de cloro, mas sim dos produtos químicos resultantes do encontro do cloro com o xixi, suor e sujidade do corpo dos nadadores», concluiu Chris Wiant, um dos responsáveis pelo Conselho de Qualidade da Água e de Saúde do CDC.

A pesquisa da Survata foi realizada com 1.500 cibernautas entre 23 e 28 de Abril de 2015. A margem de erro é de 2,5%.

Partilhar esta notícia
Referência