Tudo o que precisa de saber sobre alergias alimentaresNotícias de Saúde

Segunda, 19 de Setembro de 2016 | 29 Visualizações

Fonte de imagem: Huffingtonpost

As alergias alimentares manifestam-se das mais variadas formas e podem surgir em qualquer idade.

A alergia alimentar é uma reação alérgica do sistema imunitário contra um determinado alimento considerado inofensivo para a maioria das pessoas. Como conta o site da Alimenta – Associação Portuguesa de Alergias e Intolerâncias Alimentares, quando se trata de uma alergia a mais do que um alimento de grupos diferentes, situação menos frequente, dá-se o nome de alergia alimentar múltipla.

Existem diferenças bem claras entre alergia e intolerância alimentar, incluindo nos sintomas. E por falar em sintomas, estes são bastante variados no caso de alergia alimentar, podendo manifestar-se das mais variadas formas e em qualquer momento da vida (até mesmo depois dos 18 anos), como diz o Mind Body Green.

Entre os sintomas mais comuns de alergia alimentar estão as tonturas, aboca inchada, a náusea, a dor abdominal, a irritação cutânea, os espirros, a dificuldade respiratória, entre outros.

Embora o número de alergias alimentares seja crescente, ainda não está encontrada uma causa concreta para que tal aconteça, desconfiando-se do impacto da alimentação atual (mais processada e industrializada) e do aumento de produtos geneticamente modificados que são consumidos diariamente.

Contudo, sabe-se que são mais de 160 os alimentos que podem provocar uma reação alérgica. Contudo, deste vasto leque de possíveis causadores de alergias, sabe-se que são oito os alimentos que mais comummente as provocam: ovos, peixe, soja, leite, amendoim, marisco, frutos secos e trigo.

Assim que surgem os primeiros sinais de alerta, o mais aconselhado é procurar um médico, em especial um alergologista. Contudo, antes da visita ao especialista, pode-se dar início a um diário alimentar que ajude a traçar os sintomas e as possíveis causas.

Partilhar esta notícia
Referência