Trombose: Fatores de risco e como prevenirNotícias de Saúde

Terça, 20 de Setembro de 2016 | 2513 Visualizações

Fonte de imagem: islandveinspecialists

Para se conseguir proteger é essencial conhecer os fatores de risco e as formas de prevenção da trombose.

A trombose venosa profunda (TVP) – também conhecida por flebite e tromboflebite – caracteriza-se pela coagulação mais intensa e propícia a gerar uma massa sólida (chamada de trombo) no sangue - que dificulta a passagem do sangue de regresso ao coração.

O maior perigo é quando os chamados trombos viajam pela corrente sanguínea e se instalam nos pulmões, provocando uma embolia pulmonar – que pode ser fatal.

Com base nas informações partilhadas pela Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) a revista Saúde partilha os fatores de risco para este problema de saúde e algumas dicas para se tentar prevenir a doença.

Fatores de risco: toma de medicações como contracetivos orais, quimioterapia oral e tratamentos hormonais; obesidade; presença de varizes nas pernas; gravidez; pós-parto; cancro; AVC (acidente vascular cerebral); traumatismos, principalmente nas extremidades inferiores (risco de TVP de cerca de 70%); doenças crónicas, como insuficiência cardíaca e doenças pulmonares crónicas; doenças agudas, como enfarte do miocárdio, e infeções, como pneumonia; fraturas ósseas.

Como prevenir a trombose: manter-se um peso saudável; não fumar; fazer uma alimentação equilibrada; Não passar muito tempo parado; praticar exercício físico; após uma cirurgia, voltar rapidamente a movimentar-se; usar meias elásticas e medicamentos, quando indicado pelo cirurgião vascular/angiologista.

Partilhar esta notícia
Referência
Vânia Marinho

Info-Saúde Relacionados