Tiroide – Sinais de alarmeNotícias de Saúde

Segunda, 08 de Janeiro de 2018 | 85 Visualizações

Fonte de imagem: Dr Lal PathLabs

A tiroide é uma pequena glândula, com cerca de 5 centímetros de diâmetro, situada no pescoço imediatamente abaixo da zona da “maçã de adão”.

Esta glândula produz e liberta hormonas essenciais para o normal funcionamento do nosso corpo, regulando a temperatura corporal; os batimentos cardíacos; o humor; o funcionamento dos intestinos; etc., contudo, por vezes, estas funções podem ficar comprometidas por doenças que afetam a tiroide, levando a uma produção inadequada das suas hormonas.

Mais de 10% da população portuguesa apresenta doenças da tiroide, as quais são muitas vezes silenciosas, demorando algum tempo até serem diagnosticadas, o que leva a um atraso no início do tratamento.

É, então, essencial estar atento aos principais sinais e sintomas característicos de cada doença, de modo a ser feito um rápido e eficaz diagnóstico e dar inicio ao tratamento mais adequado:

  • Hipotiroidismo – diminuição excessiva da produção de hormonas pela tiroide
    • Aumento de peso;
    • Aumento da sensibilidade ao frio;
    • Obstipação;
    • Rouquidão.
  • Nódulos da tiroide/bócio – aumento do volume da tiroide de forma difusa (bócio) ou local (nódulos)
    • Saliência indolor no pescoço;
    • Desconforto ou compressão no pescoço.

Infelizmente, não existe forma de prevenir estas doenças, por isso, é importante estar alerta aos sinais e ser vigiado regularmente pelo médico,especialmente se existir na história familiar algum caso de doença da tiroide.

Se sente que ultimamente tem andado mais cansado, com oscilações de peso inexplicáveis, com alterações no ritmo cardíaco ou com o pescoço inchado, não hesite, dirija-se à sua farmácia, lá encontra profissionais capazes de o informar sobre as doenças da tiroide e aconselhá-lo a ir ao médico para que este possa avaliar a sua situação de forma adequada.

Partilhar esta notícia
Referência