Teste para avaliar o risco de ataque cardíacoNotícias de Saúde

Quarta, 15 de Janeiro de 2014 | 230 Visualizações

Investiagdores dos Estados Unidos estão trabalhando em um novo método que poderia melhorar a avaliação de ataque cardíaco iminente. Eles analisaram a quantidade de células endoteliais circulantes (CECs). Mais testes ainda são necessários, os médicos escreveram na "Physical Biology".

As CECs são fortemente ligadas a ataques cardíacos. Analisando amostras de sangue de 79 pacientes no momento de um ataque cardíaco, essas amostras foram comparadas a dois grupos de controle (25 pessoas saudáveis e 7 sendo tratadas por doenças vasculares), evidenciou-se que o número de CECs encontradas foi significante maior nos pacientes sofrendo ataques cardíacos.

O método de análise "High-Definition Circulating Endothelial Cell", (Células Endoteliais Circulantes de Alta Definição, HD-CEC) detecta as CECs pelas suas características morfológicas e suas reações a anticorpos específicos. Elas foram identificadas com alta sensibilidade e especificidade. Em comparação aos testes disponíveis atualmente, os resultados utilizando o novo método foram mais precisos, disseram os pesquisadores. "Nossa avaliação analisou de fato milhões de células, o que dá mais trabalho, mas garante que você está analisando todas as células em potencial", afirmou o autor principal, Peter Kuhn do The Scripps Research Institute (TSRI) em La Jolla (California).

Agora, há o plano de testar o HD-CEC em pacientes que já exibiram sintomas, mas não tiveram um ataque cardíaco ainda.

Partilhar esta notícia
Autor
Physical Biology / Univadis
Referência
Investigadores dos Estados Unidos

Notícias Relacionadas