Teste de cinco sinais para tratamento antibiótico contra dores de gargantaNotícias de Saúde

Domingo, 16 de Fevereiro de 2014 | 90 Visualizações

Um teste de cinco sinais clínicos diferentes deve ajudar a reduzir a quantidade de antibióticos prescritos contra as dores de garganta. Em um estudo conduzido pela Universidade de Southampton (Reino Unido), o método ajudou a reduzir o uso de antibióticos em um terço. Os resultados foram publicados na revista científica "BMJ".

O teste FeverPAIN leva em consideração se o paciente teve febre nas últimas 24 horas, infecção com pus, instalação rápida da doença, amígdalas inflamadas e se, além da dor de garganta, qualquer outro sintoma de resfriado ou tosse estão presentes.

O estudo incluiu 631 pessoas com dor de garganta aguda. Uma parte dos participantes foi examinada em relação aos sinais incluídos no teste FeverPAIN (alguns também foram submetidos ao teste rápido de antígenos), a outra parte foi alocada para receber uma receita de três a cinco dias mais tarde caso os sintomas não passassem ou se houvesse piora. Quando os participantes testados tinham quatro ou mais sinais, os antibióticos eram prescritos imediatamente, no caso de dois ou três sinais, a receita era retardada (se não houvesse a melhora dos sintomas até então) e nenhum antibiótico foi prescrito para aqueles que só apresentavam um ou nenhum sinal.

O teste levou a uma redução de quase 30% no uso de antibióticos e, mesmo assim, os sintomas tiveram melhora mais significativa nos pacientes do que no grupo controle. Por outro lado, o teste adicional de antígenos não produziu uma redução maior dos antibióticos.

Partilhar esta notícia
Autor
revista científica "BMJ" / Univadis
Referência
Universidade de Southampton (Reino Unido)

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados