Teste ao sangue poderá evitar mortes por cancro nos ováriosNotícias de Saúde

Quinta, 17 de Dezembro de 2015 | 34 Visualizações

Fonte de imagem: wgntv

Estudo revela que um simples teste ao sangue poderá evitar cerca de um quinto das mortes por cancro nos ovários. 

Hoje, no maior estudo do mundo sobre o rastreio do cancro dos ovários, os cientistas relatam que um exame de sangue anual para as mulheres com idade superior a 50 anos  poderia reduzir as mortes em 20%.

Como reporta o Daily Mail, só no Reino Unido há 7 mil mulheres que são diagnosticadas com este tipo de cancro por dia. E cerca de 4300 mulheres morrem por ano devido a esta doença.

Mas um grupo de investigadores da University College London conduziu um estudo durante 14 anos que envolveu mais de 200 mil mulheres em pós-menopausa no Reino Unido e concluiu que um diagnóstico precoce, que pode ser feito através de um simples teste ao sangue, pode ser a solução para evitar um quinto das mortes anuais que esta doença provoca.

De acordo com as conclusões do estudo, fazer precocemente um ao sangue para analisar os níveis da proteína CA125 poderia prevenir aproximadamente 15 mortes por cada 10 mil mulheres que fazem o teste.

 Katherine Taylor, chief executive da Ovarian Cancer Action, disse ao Daily Mail: “o cancro nos ovários tem taxas de sobrevivência notoriamente baixas.”

E apesar de considerar que as conclusões deste estudo são um passo importante no caminho para um programa de saúde e prevenção do cancro dos ovários, admite que “é preciso ser realista, uma vez que pode demorar anos até que este programa se torne uma realidade”. 

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas