Sofre de acne? Boas notícias, a sua pele envelhece mais devagarNotícias de Saúde

Sexta, 30 de Setembro de 2016 | 45 Visualizações

Fonte de imagem: dermcheckapp

Novo estudo sugere que a ‘malfadada’ acne da adolescência pode, afinal, trazer algo de bom.

Um grupo de investigadores da instituição King's College London sugere que as pessoas que sofrem ou sofreram de acne envelhecem mais lentamente. Tudo porque as suas células têm embutida uma proteção contra o envelhecimento.

Portanto, como exemplifica o Express britânico, aquela pessoa que passou a juventude cheia de borbulhas enquanto os outros tinham a pele lisa pode, por volta da meia idade, tornar-se uma pessoa com a pele bonita e jovem enquanto os outros terão rugas.

Há algum tempo que os cientistas haviam notado que os sinais de envelhecimento como rugas e pele fina muitas vezes apareciam muito mais tarde em pessoas que tiveram acne no passado. Agora parecem ter encontrado o motivo.

Este estudo, liderado pelo investigador Simone Ribero, analisou os glóbulos brancos de pessoas que afetadas com acne e verificou que estas tinham telómeros – estruturas protetoras do ADN que se localizam nas pontas dos cromossomas - mais longos.

Os telómeros podem ser comparadas às aguilhas – pontas de plástico que impedem que os atacadores se desgastem. Com o passar do tempo encolhem e estão intimamente ligados ao envelhecimento biológico. Portanto, as pessoas com telómeros mais longos envelhecem mais lentamente do que as pessoas com telómeros curtos.

Partilhar esta notícia
Referência
Vânia Marinho

Info-Saúde Relacionados