Sinais de que tem carência de ferroNotícias de Saúde

Sábado, 25 de Junho de 2016 | 1067 Visualizações

Fonte de imagem: kidsunder7

A anemia é uma das consequências mais comuns da carência de ferro. Veja o que a falta deste nutriente faz ao seu corpo.

O ferro é o nutriente responsável pelo sucesso de algumas das atividades mais essenciais do nosso organismo, como a metabolização das proteínas, a produção de hemoglobina, a transferência de oxigénio do sangue e dos músculos e ainda a libertação de dióxido de carbono.

Quando se está perante uma carência deste nutriente – que pode ser encontrado num vasto leque de alimentos –, são muitas as consequências que podem afetar a saúde, sendo a anemia o resultado mais comum e mais grave.

De acordo com o site da revista Prevention, é possível saber se se está perante uma deficiência deste nutriente dando ouvidos aos sinais que o nosso corpo dá. Ficar com os lábios quebradiços é um dos aspetos a ter em conta, especialmente quando as fendas surgem nos cantos da boca (e que pode indicar quelitite angular).

cansaço constante e a pele pálida são também sintomas que merecem uma especial atenção, principalmente quando a pessoa segue uma dieta vegetariana – que, embora possa ser rica em ferro, os níveis de absorção podem ser menores, visto que os vegetais são pobres em ferro heme.

De acordo com a publicação, ter dores de cabeça constantes e problemas de concentração podem também indicar uma carência de ferro, tal como a sensação recorrente de apatia perante tudo.

Pés e mãos dormentes e, no caso das mulheres, menstruações com uma grande perda de sangue e dores nos seios podem ser também sinais de que existe uma carência de ferro na alimentação ou que este não está a ser absorvido da forma mais correta.

Por fim, mas não menos importantes, estão os sintomas de falta de ar e de visão turva, outros indicadores que os níveis de ferro não estão corretos e que o melhor é consultar um médico para fazer alguns exames e análises sanguíneas.

Partilhar esta notícia
Autor
Diário de Coimbra
Referência
POR DANIELA COSTA TEIXEIRA

Info-Saúde Relacionados