Sementes de abóbora? Sim, por favorNotícias de Saúde

Sábado, 09 de Janeiro de 2016 | 146 Visualizações

Fonte de imagem: melhorcomsaude

São crocantes, saborosas e altamente nutritivas. Saiba mais sobre este superalimento.  

Um alimento só ganha o estatuto de 'super' quando consegue reunir um vasto leque de nutrientes e benefícios para a saúde. É o caso das sementes de abóbora, um dos superalimetnos mais completos e poderosos.

As sementes de abóbora têm uma cor verde escura, mas podem ser encontradas com uma casca em tons de amarelo ou branco. A Organização Mundial de Saúde (OMS) sugere o consumo de sementes de abóbora para se obter uma boa dose de zinco, mas há mais motivos: ferro, magnésio, cobre e fósforo e mais.

Vitamina E é outro micronutriente presente nas sementes de abóbora, que assumem ainda um poder antioxidante. Segundo o site World Healthiest Foods, estas sementes são ainda uma fonte de gordura 'boa', contudo, os níveis podem ser reduzidos se forrem torradas ou assadas por cerca de 20 minutos (não mais, pois corre-se o risco de alterar algumas propriedades naturais da semente).

Para uma melhor noção dos benefícios deste alimento, o site revela que cerca de 30 gramas de sementes de abóbora seca e sem casca fornece 180 calorias, um índice glicémico baixo, 57% de fósforo, 48% de magnésio, 48% de cobre, 23% de zinco, 20% de proteína e 16% de ferro. As percentagens referem-se ao valor diário recomendado.

De acordo com o site, as sementes de abóbora são um ótimo apoio na prevenção e tratamento da Diabetes e do cancro, uma vez que reduz os níveis de stress oxidativo.

Estas sementes – com ou sem casca – podem servir de topping em sopas, sumos, batidos e iogurtes e podem ainda ser incluídas na confeção de pratos quentes (como carnes e peixes) e de pães e bolos caseiros.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados