Sem tempo para treinar? Tem aqui 10 dicasNotícias de Saúde

Quarta, 22 de Junho de 2016 | 56 Visualizações

Fonte de imagem: Pixabay

A falta de tempo (quase) nunca é desculpa. Veja como é possível encaixar um treino – por mínimo que seja – na sua rotina atarefada.

Na azáfama do dia-a-dia, o tempo para respirar fundo é, por vezes, tão raro que nem há como conseguir pensar em treinar. Por muito que uma pessoa queira ser ativa e dinâmica, a falta de tempo nem sempre o permite. Mas será mesmo assim?

Segundo o fundador do GameShape, Inc., o personal trainer Robbie Davis, há sempre tempo para treinar... basta colocar o exercício no topo das prioridades do dia.

“Infelizmente, pôr o exercício fora das nossas prioridades até pode parecer necessário de momento, mas isso vai implicar efeitos negativos na saúde a longo prazo”, alerta o especialista, revelando como é sempre possível encaixar um treino – por mínimo que seja – na rotina diária, até mesmo naquela super atarefada e cujas agendas já não têm espaço para mais um rabisco.

1 – Marcar na agenda. Não tem mais espaço para escrever? Cole um post-it, mas dê destaque a esta tarefa.

2 – Treinar em conjunto. Se acha que sozinho não chega lá, agende um treino em conjunto, seja antes de iniciar o dia de trabalho ou como forma de finalizar.

3 – Recompense-se. Conseguir incluir o treino na sua agenda e cumpriu-o até ao fim? Então merece um mimo… desde que haja o compromisso de que irá repetir a dose.

4 – Acordar cedo. Quando o tempo para treinar continua escasso, nada como aproveitar os primeiros minutos da manhã para fazer exercício. Criar o hábito de deitar uns minutos mais cedo para acordar antes do normal é a forma mais eficaz de conseguir treinar de manhã sem penalizar o sono.

5 – Fazer coisas diferentes. Agendou três treinos por semana? Então opte sempre por fazer algo diferente em cada dia, mantendo a motivação e a curiosidade pelo exercício.

6 – Incluir o exercício na rotina. Pode não ser sempre à mesma hora, mas a sua agenda deve ter anotado todos os treinos que vai fazer até ao final do mês.

7 – Menos é mais. Quando se tem uns escassos 15 minutos para treinar, o melhor é fazê-lo de forma intensa e variada: HIIT e tabata são as sugestões.

8 – Pagar para treinar. Mas não pague a terceiros: faça um mealheiro e coloque lá algum dinheiro sempre que completa um treino com sucesso.

9 – Faça exercício no trabalho. Sempre que possível, faça alguns exercícios no trabalho. Se tem uma sala só para si ou se trabalha em casa, use e abuse da sua secretária.

10 – Use todos os momentos possíveis. Ir a pé para o trabalho, caminhar na hora de almoço, correr até casa… tudo conta.

Partilhar esta notícia
Referência
POR DANIELA COSTA TEIXEIRA

Notícias Relacionadas