Seis causas inesperadas que o deixam com a tensão altaNotícias de Saúde

Segunda, 22 de Maio de 2017 | 703 Visualizações

Fonte de imagem: Virginia Heart & Vascular Institute

Será que também sofre da ‘síndrome da bata branca’?

Existem momentos que, mesmo sem um motivo aparente, conseguem fazer aumentar os níveis de tensão arterial seja numa pessoa hipertensa que já toma medicamentos para controlar a situação ou até mesmo numa pessoa cuja tensão tende a estar ‘normal’.

É o caso da ida ao médico (mesmo que seja para uma simples consulta de rotina). À revista Prevention, o médico Benjamin Kaplan explica que esta ‘síndrome da bata branca’ deve-se ao facto de uma simples ida ao médico ser sempre um momento de stress (mesmo que inconsciente). Mas porque é que a tensão arterial tende a subir? Porque “o corpo reage” e “aumenta a frequência cardíaca” como forma de proteção.

Os atrasos, mesmo que sejam uma prática recorrente, podem também fazer aumentar a tensão arterial, especialmente se em causa estiver o incumprimento de horário para um evento importante, como uma reunião de trabalho. E por falar em eventos importantes, a temperatura nestes momentos pode ser também um fator para a subida da tensão arterial. Como conta a publicação, estar numa sala demasiado fria num momento de nervosismo (como um exame, uma prova de acesso, uma reunião, uma entrevista de emprego, etc.) pode também desencadear uma maior rigidez dos vasos sanguíneos, que tendem a estar mais relaxados quando o corpo está a uma temperatura mais amena ou quente.

vontade imensa de urinar e consciência de que tão cedo não será possível é uma outra situação que causa stress, ansiedade, nervosismo e, por consequência, um aumento a pressão sanguínea, que resulta na subida da tensão arterial, lê-se na publicação, que coloca ainda o consumo de café ou bebias energéticas entre as causas ‘inocentes’ para a subida da tensão arterial.

De acordo com o médico Benjamin Kaplan, o hábito de estar sentado com as pernas cruzadas (causando pressão na zona das coxas) é também um motivo para o aparecimento de picos de tensão arterial, uma vez que a posição dos membros inferiores provoca uma compressão das veias, dificultando a fluidez normal do sangue.

Importa salientar que para que os valores de tensão arterial estejam nos níveis considerados ‘saudáveis’, a pressão arterial máxima (sistólica) deve rondar entre os 10 e os 13,9 cm Hg e a pressão arterial mínima (diastólica) deve oscilar entre os seis e os 8,9 cm Hg. Quando os valores da tensão máxima e mínima são superiores a 14/9, podemos estar perante um caso de hipertensão.

Partilhar esta notícia
Referência
Daniela Costa Teixeira