Seguir uma alimentação saudável poderá evitar a depressãoNotícias de Saúde

Quinta, 24 de Setembro de 2015 | 74 Visualizações

Fonte de imagem: thelifeco

Estudo aponta que seguir uma dieta com baixo consumo de carnes processadas e rica em peixe, vegetais e frutas reduz o risco de desenvolver depressão.

Um estudo da Universidade de Las Palmas, na Gran Canária, revelou que uma dieta rica em vegetais, legumes, peixe, castanhas e nozes pode ser uma grande aliada para evitar a depressão.

Além disso o estudo publicado na revista científica BMC Medicine destaca ainda que é essencial evitar o consumo de carnes processadas e de fast food.

Como reporta a revista Veja, os investigadores acreditam que a relação entre a alimentação saudável e a redução do risco de depressão pode ser explicada pelo facto de o grande consumo de micronutrientes como vitamina B, ácido fólico e zinco, estimular a saúde do cérebro. Já uma alimentação menos nutritiva pode causar mais riscos de desenvolver a doença.

Para a realização deste estudo os investigadores questionaram 15 mil universitários espanhóis, sem diagnóstico de depressão, sobre os seus hábitos alimentares. Oito anos depois, 1550 participantes tomavam antidepressivos ou foi-lhes diagnosticada depressão.

As conclusões apontam que os participantes que mantiveram uma alimentação saudável apresentaram um risco até 30% menor de depressão, em comparação com aqueles que consumiam alimentos menos saudáveis.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas