Saúde. O que tem de comer para atacar de vez as suas doençasNotícias de Saúde

Sexta, 19 de Junho de 2015 | 515 Visualizações

Fonte de imagem: Millet (milho miúdo)

Para uma vida saudável importa adoptar a alimentação adequada e um estilo de vida equilibrado.

Francisco Varatojo nunca comeu um hambúrguer nem experimentou coca-cola. É essencialmente vegetariano desde os 16 anos, embora coma peixe de vez em quando. Mas não toca em carne, lacticínios e fast-food, e foge dos açúcares. Os únicos “pecados”, conta, são guloseimas como uma fatia de tarte de maçã, um croissant, um gelado ou uma torrada. Mas só duas ou três vezes por ano, “socialmente”. Em 1977, o candidato a médico de Leiria descobriu a macrobiótica através do irmão de um amigo e dos livros. Decidiu ir formar-se em Boston nesta área (os pais acharam que estava maluco) e acabou por tornar-se o principal dinamizador da macrobiótica no país.

Foi há quase 40 anos e, apesar de admitir ser um seguidor radical no dia-a-dia, já que defende que o estilo de vida e aquilo que se põe no prato são cruciais para manter a saúde, o director do Instituto Macrobiótico Português rejeita fanatismos. “A medicina convencional é o melhor que existe para problemas agudos, se for preciso tirar um tumor, tratar uma apendicite. É a única opção. Mas nas situações crónicas, é apenas paliativa.” Para uma mudança “séria”, importa adoptar a alimentação adequada e um estilo de vida equilibrado do ponto de vista físico e emocional.

“Não adianta tomar estatinas para baixar o colesterol sem mudar a alimentação e ter um estilo de vida menos sedentário”, exemplifica. Francisco Varatojo, de 54 anos, acaba de publicar o livro “Os Alimentos Também Curam”, com indicações para prevenir e enfrentar os problemas de saúde mais comuns. Eis algumas das pistas para quem sofre de problemas digestivos e respiratórios, diabetes ou ansiedade. Mas também para as maleitas das crianças. Não chega mudar o que come, diz Varatojo, mas é um começo.

Dores de estômago

• Preparados com raiz de kuzu

• Umeboshi (alivia intoxicações alimentares e ressacas e estimulaa digestão)

• Couve-lombarda escaldada, na sopa ou prensada

• Aumente o consumo de vegetais redondos (abóbora, cebola, nabos, couves)

• Chá Três Anos com molho de soja

• Millet (milho miúdo)

Hérnia do hiato

• Evite doces e produtos refinados, refrigerantes e café

• Não coma alimentos demasiado gordurosos, como fritos, ou pratos com muito óleo e azeite

• Opte por produtos integrais

• Não coma três horas antes de dormir

• Inclua bardana nos pratos

Obstipação

• Coma sopa de miso com alga wakame e vegetais

• Opte por arroz integral temperado com gomásio

• Experimente feijão azuki muito cozinhado

• Opte por vegetais verdes de rama

Gases e cólicas

• Evite farinhas (pão, bolachas, biscoitos)

• Evite seitan

• Coma alimentos fermentados todos os dias, como sopa de miso, umeboshi, pickles naturais e chucrute

• Use kuzu: atenua irritações intestinais

Colite ulcerosa e doença de Crohn

• Evite farinhas (pão, bolachas, biscoitos)

• Cereais integrais devem ser cozinhados até ficarem macios

• Inclua pickles naturais na alimentação, por exemplo, pickle de rábano em farelo de arroz

• Adicione mais fibra à alimentação, mas não o farelo (arroz integral, legumes e millet)

• Opte por vegetais verdes de rama

Problemas de fígado e vesícula

• Entre os cereais, prefira cevada, trigo, centeio, aveia, cuscuz, bulgur e massas de trigo integral

• Nos vegetais opte por alho-francês, nabiças, grelos, couve-chinesa

• Coma ameixas e outros frutos ácidos, como maçãs-reinetas. Mas evite alimentos demasiado ácidos ou picantes

• Evite alimentos excessivamente cozinhados. Opte por métodos de confecção mais ligeiros como cozer, escaldar e cozinhar no vapor

• Use chá de cevada, dente-de-leão, hipericão-do-gerês, artemísia, boldo e cenoura

• Pevides, sementes de abóbora, chucrute e raiz de bardana ajudam a eliminar pedras da vesícula

Diabetes

• Use com regularidade arroz integral, millet, cevada, quinoa e amaranto8. Uma ou duas vezes por semana coma trigo-sarraceno, salteado e com vegetais

• Limite o uso de aveia, já que tem índices glicémicos muito elevados

• Opte por vegetais redondos como abóbora

• Faça acompanhamentos com feijão azuki e alga kombu

• Deve evitar batatas, tomate e beringela

• Duas a três vezes por semana faça uma bebida com uma chávena de água, uma colher de chá de kuzu, polpa de um umeboshi e meia colher de chá de molho de soja. Misture ao lume e beba quente. Esta bebida também é indicada em situações de anemia, alergias e para estimular o sistema imunitário

• Deve evitar fruta muito doce, como frutos tropicais. Coma a fruta cozinhada

Colesterol e hipertensão

• Opte por milho (em maçaroca ou papa, como polenta) e cevada

• Evite o consumo de pão

• Privilegie vegetais de folha verde como couve-portuguesa, couve--chinesa ou rama de cenoura. Rábano, nabo, rabanete e cenoura ralada são recomendados em situações de colesterol elevado

• Alga kombu é indicada no tratamento da hipertensão

• Opte por azeite e óleo de sésamo, em pequenas quantidades. É melhor que margarina

• Evite produtos animais como carne e lacticínios. Os peixes gordos, em pequenas quantidades, são benéficos pelos ácidos ómega 3

• Beba chá verde (nunca diariamente), de cenoura com rábano ou de shitake

Asma

• Não deve ingerir demasiados líquidos. Use chá de raiz de lótus

• Vegetais de folha verde, incluindo rama de nabo, cenoura, rábano ou rabanete são recomendados para problemas nos pulmões

Sinusite e rinite

• Evite alimentos confeccionados com farinha branca e com muita concentração de açúcar

• Evite alimentos que contribuem para a formação de muco, em particular lacticínios (leite, iogurte, natas e queijo). A aveia também contribui para a produção de muco – deve optar pela variedade integral

• Use como condimento cebola crua com umeboshi (50/50). Alivia a congestão nasal

Problemas de rins

• Consuma trigo-sarraceno

(em grão ou em massa, a soba).

• Privilegie o consumo de leguminosas: feijão azuki, grão-de--bico, lentilhas, feijão-frade ou manteiga

• Marisco e moluscos são indicados

• Deve evitar café e chá preto

• Deve dar mais tempo de cozedura aos alimentos, optando por salteados longos ou assados

• Castanhas e frutos silvestres são indicados

Ciclos menstruais irregulares

• Consuma alimentos ricos em clorofila, como folhas verdes.

• Combine feijão azuki cozinhadocom alga kombu

Disfunção eréctil

• Consuma trigo-sarraceno

• Deve comer raízes diariamente e, uma a duas vezes por semana,peixe magro

• Use alimentos que ajudam a eliminar a proteína e gordura animal como rábano, nabo, cogumelos shitake, vegetais verdes e cebolinho

• Deve evitar bebidas frias, como cerveja

Ansiedade e depressão

• Privilegie o consumo de cereais e vegetais, reduzindo produtos animais, açúcar, café e estimulantes no geral

• Beba de vez em quando um caldo doce. Este remédio caseiro para relaxar, também indicado em insónias, leva ½ chávena de cebola, ½ chávena de cenoura, ½ chávena de couve-lombarda, ½ chávena de abóbora e 4 a 6 chávenas de água. Corte em pedaços, deixe ferver e mantenha ao lume com chama baixa durante 20 minutos. Coe os vegetais e beba o caldo morno

Partilhar esta notícia
Referência
Marta F. Reis

Notícias Relacionadas