Resultados da 2.ª Edição do Vacinómetro® época gripal 2018/2019Notícias de Saúde

Sábado, 24 de Novembro de 2018 | 15 Visualizações

Fonte de imagem: Reuters

Pelo 10.º ano consecutivo a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), com o apoio da Sanofi Pasteur, apresentam os resultados do Vacinómetro®.

A 2ª vaga do Vacinómetro®, para a época gripal 2018/2019, monitorizou a vacinação contra a gripe nos grupos prioritários, desde o dia 15 de outubro. Os dados mostram que a vacina foi administrada a cerca de:

  • 52,9% dos indivíduos com 65 anos ou mais anos – mostra uma tendência de subida em cerca de 2,8% em comparação ao período homólogo do ano passado;
  • 40,7% dos indivíduos portadores de doença crónica – mostra uma tendência de descida em cerca de 5% em comparação ao período homólogo do ano passado;
  • 37,2% dos profissionais de saúde em contacto direto com doentes – mostra uma tendência de subida na ordem de 3,4% em comparação ao período homólogo do ano passado;
  • 23,0% dos portugueses com idades compreendidas entre os 60 e os 64 anos – mostra uma tendência de descida na ordem de 4,9% em comparação ao período homólogo do ano passado.

Ao comparar com os dados da época anterior, verificamos uma taxa de vacinação superior para todos os grupos, sobretudo para os indivíduos com 65 ou mais anos.

Ao todo, cerca de 1.075.249 portugueses com 65 ou mais anos já foram vacinados contra a gripe. A estes juntam-se os cerca de 148.829 cidadãos com idades entre os 60 e os 64 anos, também eles vacinados contra a doença.

Do total do grupo de indivíduos vacinados, os motivos que levaram à vacinação foram:

  • 45,7% por recomendação do médico;
  • 25,5% por iniciativa própria, para estar protegido;
  • 16,9% no contexto de uma iniciativa laboral;
  • 9,5% porque sabem que fazem parte de um grupo de risco para a gripe;
  • 0,7% por recomendação do farmacêutico.

Mais uma vez, recordamos as recomendações da Direção-Geral da Saúde que apelam à vacinação.

De acordo com as orientações oficiais nacionais, a vacina pode ser administrada durante todo o outono/inverno, de preferência até ao fim do ano civil.

A vacinação contra a gripe é fortemente recomendada para os grupos alvo prioritários:

  • Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos;
  • Doentes crónicos e imunodeprimidos com 6 ou mais meses de idade;
  • Grávidas;
  • Profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados (ex.: lares de idosos).

A vacina também é aconselhada a pessoas com idade entre os 60 e os 64 anos.

Pelo 10.º ano consecutivo a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), com o apoio da Sanofi Pasteur, apresentam os resultados do Vacinómetro®, da 2.ª edição desta época.

Lançado em 2009, o Vacinómetro® permite monitorizar em tempo real, a taxa de cobertura da vacinação contra a gripe em grupos prioritários recomendados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Sobre o Vacinómetro:

Inquérito a cargo da empresa Spirituc, Investigação Aplicada

Objetivo - Monitorizar a cobertura vacinal contra o vírus da gripe na época gripal de 2016/2017, junto de quatro grupos de indivíduos pertencentes ao grupo recomendado e a grupos de vacinação prioritária, indicados pela DGS: (grupo 1) indivíduos com idades compreendidas entre os 60 e os 64 anos; (grupo 2) indivíduos com 65 ou mais anos; (grupo 3) indivíduos portadores de doenças crónicas; (grupo 4) profissionais de saúde em contacto com doentes (ou seja, indivíduos trabalhadores em instituições de saúde).

Metodologia - Questionários de aplicação telefónica, através do sistema CATI.

Universo - População portuguesa residente em território continental e Ilhas, com idade compreendida entre os 60 e os 64 anos, ou com idade igual ou superior a 65 anos, ou portadora de doenças crónicas, ou trabalhadora em instituições de saúde, de ambos os géneros e telefone fixo ou móvel.

Amostra: À amostra em causa está associada uma margem de erro de ±2,5% para um IC de 95% no total da amostra (n=1500); uma margem de erro de ± 5,4% para um IC de 95% dentro do Target 60-64 anos (n=333); uma margem de erro de ± 5,5% para um IC de 95% dentro do Targetprofissionais de saúde com contacto direto com doentes (n=313); uma margem de erro de ±4,3% para um IC de 95% dentro do Target Doentes Crónicos (n=517); uma margem de erro de ±3,6% para um IC de 95% dentro do Target 65 ou mais anos (n=759).

Referências: DGS https://www.sns.gov.pt/noticias/2017/09/27/vacinacao-contra-a-gripe-20172018/

Sobre a Sanofi Pasteur

A Sanofi Pasteur é a unidade de negócio global de vacinas da Sanofi e produz vacinas contra a gripe sazonal em quatro unidades de produção: Swiftwater (Pensilvânia, EUA), Val de Reuil (França), Ocoyoacac (Cidade do México, México) e Shenzhen (China).

A Sanofi Pasteur, a divisão de vacinas da Sanofi, fornece mais de mil milhões de doses de vacinas todos os anos, tornando possível a imunização de 500 milhões de pessoas no mundo. Líder mundial na indústria de vacinas, a Sanofi Pasteur produz um portfólio de vacinas de elevada qualidade, à altura das suas áreas de especialização e satisfaz a procura de saúde pública. A herança da companhia para criar vacinas que protegem a vida remonta a mais de um século.

Sobre a Sanofi

A Sanofi dedica-se a apoiar as pessoas que lidam com desafios na sua saúde. Somos uma companhia biofarmacêutica global especializada em saúde humana. Agimos na prevenção da doença com as nossas vacinas e disponibilizamos tratamentos inovadores. Apoiamos tanto os doentes com doenças raras como os milhões de pessoas com doenças crónicas.

A Sanofi e os seus mais de 100.000 colaboradores, distribuídos por 100 países, transformam a inovação científica em soluções de saúde em todo o mundo.

Sanofi, Empowering Life!

Partilhar esta notícia
Autor
Diário de Coimbra
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados