Quatro opções alimentares para viver melhorNotícias de Saúde

Sexta, 18 de Setembro de 2015 | 163 Visualizações

Fonte de imagem: bolsademulher

Eis o que deve ingerir todas as semanas para manter uma vida saudável.

Ainda que os nutricionistas defendam que não existem alimentos ‘bons’ e alimentos ‘maus’, as propriedades de certos alimentos podem contribuir mais para a sua alimentação do que outras.

Num artigo recentemente publicado no The Conversation, a professora de Nutrição e Dietética da Universidade de Newcastle Clare Collins destaca os benefícios de alguns alimentos que deveríamos ingerir com mais frequência.  

Aveia. É um alimento rico em proteínas e proporciona hidratos de carbono de fácil absorção, bem como sódio, potássio, cálcio, fósforo, magnésio, ferro, zinco e vitaminas B e E. Contribui para o trânsito intestinal e prolonga a sensação de saciedade. É um alimento bastante benéfico para pessoas que sofrem de diabetes ou colesterol. Clare Collins sugere que ingerir três taças de aveia ao pequeno-almoço numa semana poderá reduzir em 4% o risco de ataque cardíaco.

Salmão. É rico em ácidos gordos, minerais e vitaminas. Clare Collins recomenda que o inclua puma vez por semana no menu. O ómega 3 que contém contribui ainda para a redução da incidência de doenças cardiovasculares e contribui para o bom funcionamento do cérebro.

Chá. Tanto os chás como as infusões trazem benefícios para o corpo. Apesar de cada um ter as suas especificidades, o consumo regular de chá atrasa a deterioração cognitiva e melhora a atenção e os reflexos, como sugere um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition.

Soja. Como atestam vários estudos, entre as suas propriedades encontra-se a capacidade para controlar o colesterol e ajudar a atrasar o envelhecimento, graças aos ácidos fólicos e gordos e à vitamina E. Este alimento pode ainda ajudar a diminuir o risco de ataque cardíaco. É uma importante fonte de proteínas e contém ainda zinco, magnésio ou ferro.  

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas