Quando a comichão vaginal é (ou não) sinal de alertaNotícias de Saúde

Quinta, 17 de Dezembro de 2015 | 8359 Visualizações

Fonte de imagem: saudedicas

Além de provocar incómodo e desconforto, a comichão provoca irritação.

Quando a comichão atinge uma zona tão íntima como a vaginal, antes de mais é preciso perceber os motivos e a origem do problema.

Como destaca o site Bolsa de Mulher, pode ser um simples incómodo e uma mínima irritação da pele mas também pode ser o sintoma de uma doença sexualmente transmissível. Saiba como distinguir as situações:

Doenças sexualmente transmissíveis:Clamídia, herpes, tricomoníase e gonorreia são algumas das DSTs que podem provocar comichão vaginal. Outros sintomas que podem ou não estar associados à comichão em caso de DST são ardor ao urinar, formigueiro, feridas, dores no ato sexual e corrimento com mau cheiro. É essencial ser vista por um médico para que ele podda tratar corretamente o problema.

Higiene íntima: A causa mais comum da comichão vaginal é a limpeza inadequada desta região. Excesso de lavagem, duches, aplicação de cremes e perfumes são alguns dos comportamentos que podem provocar o incómodo. A vagina tem um sistema de autolimpeza e não exige grandes processos. Água e sabão neutro são o suficiente para higienizar bem esta zona.

Candidíase: A infeção originada por um fungo também provoca comichão, corrimento e, em alguns casos, pode ainda levar a dores pélvicas e incómodo durante a relação sexual.

Secura vaginal: Um sintoma bastante comum durante a menopausa também pode provocar incómodo e comichão devido à falta das hormonas que hidratam a região íntima.

Alergia: Pensos higiénicos, tampões, sabonete íntimo, gel lubrificante, látex do preservativo ou até brinquedos eróticos são algumas das coisas que podem provocar uma reação alérgica e, consequentemente, comichão na zona íntima da mulher.

Maus hábitos: Depilar totalmente os pelos púbicos, vestir roupas muito justas e grossas, usar cuecas de tecidos sintéticos e não de algodão e aplicar hidratante na região são os hábitos que também podem provocar comichão e desconforto na vagina.

Partilhar esta notícia
Referência

Info-Saúde Relacionados