Produtos que afetam o bom funcionamento das hormonasNotícias de Saúde

Terça, 21 de Fevereiro de 2017 | 15 Visualizações

Fonte de imagem: Jornal de Jundiaí

São as hormonas quem mais interfere com o bom funcionamento do organismo, mas são também as hormonas quem mais sofre com aquilo que se faz todos os dias.

O desregulamento hormonal não acontece apenas quando os níveis de stress estão demasiado elevados, quando existe algum tipo de inflamação ou quando se está a tomar determinado medicamento. O bom funcionamento das hormonas depende - e muito - daquilo que se faz todos os dias e existem itens comuns no quotidiano que podem afetar negativamente o sistema hormonal.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem perto de 800 compostos químicos capazes de interferir com as hormonas, sendo que 66 desses podem mesmo ter nocivos ou fatais.

Falamos de compostos como o bisfenol A -BPA (pode estar presente em garrafas de água, não existindo esse risco em Portugal, mas pode ser encontrado em vários itens de plástico, metal, cosméticos, etc.) e os ftalatos (como BBP, DEHP, DOP e DBP, que marcam presença em brinquedos coloridos, produtos de limpeza, embalagens de armazenar alimentos, produtos de beleza e produtos com fragância), exemplifica a BBC. Mas são vários os produtos que podem ser nocivos.

Embora não tenha sido ainda possível provar que estes compostos são realmente nocivos em humanos – o que faz com que alguns produtos continuem a ter estes compostos na sua composição -, pequenas evidências vão traçando uma linha muito clara e que indica que alguns destes compostos podem mesmo estar na origem do cancro da mama e da próstata, da infertilidade, da puberdade precoce, da obesidade, da diabetes tipo 2 e ainda de transtornos metabólicos.

Tal como salienta a BBC, os estudos até agora feitos indicam que o risco associado a estes componentes depende de um uso recorrente e a longo prazo, algo que acontece facilmente nos dias de hoje, em que as crianças são desde cedo expostas a vários tipos de plástico, cremes e produtos de higiene perfumados.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados