Probióticos, prebióticos e simbióticos: conheça as diferençasNotícias de Saúde

Quarta, 02 de Março de 2016 | 202 Visualizações

Fonte de imagem: Pixabay

Já deve ter ouvido estes nomes mas sabe o que significam?

São componentes alimentares importantes para o nosso corpo.

Permitem manter ou instalar uma microbiota intestinal mais proveitosa para o funcionamento do corpo. A Revista Saúde destacou as diferenças entre cada componente e os alimentos em que pode encontrar cada um.

Probióticos são bactérias saudáveis (microrganismos vivos). Alguns iogurtes, queijos e o leite fermentado fazem parte da classe. Estes microrganismos favorecem o trânsito intestinal, ajudam o corpo a fazer um melhor aproveitamento de vitaminas e defendem a região intestinal de ricos.

Os prebióticos podem ser definidos como o ‘alimento’ para as bactérias da microbiota trabalharem corretamente. São alimentos que não sofrem digestão, sendo substâncias capazes de alimentar os microorganismos que povoam o intestino dos seres humanos, favorecendo a multiplicação de bactérias benéficas. É o caso das fibras dos alimentos de origem vegetal, como a cebola, o alho e a aveia.

Já os simbióticos aliam probióticos e prebióticos num único item. São combinações de pré e probióticos. Um produto simbiótico que exerce um efeito tanto prebiótico como probiótico. Alguns lácteos, biscoitos e suplementos entram nesta categoria - mas o seu consumo, por enquanto, deve ser prescrito por um profissional. Pois não se conhece ainda os efeitos que podem ter no corpo.

Partilhar esta notícia
Referência