Prémios de investigação Eusébio Da Silva FerreiraNotícias de Saúde

Quarta, 14 de Dezembro de 2016 | 120 Visualizações

Fonte de imagem: FPC, Foto: Dra. Carla Silva Ferreira

Uma iniciativa pioneira lançada em parceria pela Associação “ArtEUSÉBIOheart”, 

Fundação Portuguesa de Cardiologia e Sociedade Portuguesa de Cardiologia 

A Associação artEUSÉBIOheart, a Fundação Portuguesa de Cardiologia e a Sociedade Portuguesa de Cardiologia acabam de constituir uma parceria para o lançamento da iniciativa pioneira que são os “Prémios de Investigação Eusébio da Silva Ferreira”. 

Os “Prémios de Investigação Eusébio da Silva Ferreira”, que estão abertos a todos os investigadores portugueses, visam promover mais e melhor investigação nacional nas áreas da insuficiência cardíaca e morte súbita. Para a família de Eusébio, esta iniciativa tem um valor emocional relevante pelas razões conhecidas. 

Recorde-se que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em Portugal, sendo que a educação para a prevenção se torna cada vez mais urgente. Neste contexto, o lançamento dos “Prémios de Investigação Eusébio da Silva Ferreira” ganha particular importância, defende a Fundação Portuguesa de Cardiologia. Por seu lado, a Sociedade Portuguesa de Cardiologia sublinha que os Prémios Eusébio da Silva Ferreira são uma mais-valia para estimular a investigação no campo da Cardiologia do Desporto e para chamar a atenção para a necessidade da avaliação prévia e acompanhamento médico dos desportistas, mesmo após terminarem a fase competitiva da sua carreira. 

Por seu lado, Carla da Silva Ferreira, filha de Eusébio e directora da artEUSÉBIOheart, lembra que a associação tem como objecto a promoção de actividades sociais, culturais, recreativas, desportivas, ambientais e científicas. «É precisamente neste último contexto que surge esta parceria com a Fundação Portuguesa de Cardiologia e a Sociedade Portuguesas de Cardiologia». Com efeito, a artEUSÉBIOheart é uma instituição sem fins lucrativos criada por familiares e amigos de Eusébio da Silva Ferreira, com o objectivo de perpetuar a sua memória. 

Partilhar esta notícia
Autor
Banco da Saúde
Referência
Fundação Portuguesa de Cardiologia e Sociedade Portuguesa de Cardiologia

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados