Prática de futebol por adultos mais velhos fortalece os ossosNotícias de Saúde

Sábado, 12 de Janeiro de 2019 | 12 Visualizações

Fonte de imagem: trfcwalker

A prática de futebol duas vezes por semana, durante uma hora por sessão, em combinação com orientações nutricionais, fez melhorar a saúde óssea de adultos mais velhos, segundo os resultados de um estudo.
 
O estudo que foi efetuado por uma equipa investigadores da Universidade do Sul da Dinamarca e pela Universidade das Ilhas Faroé, concluiu que o treino de futebol surtiu benefícios em apenas 16 semanas.
 
Este estudo tinha já revelado, recentemente, que o treino de futebol exercia efeitos benéficos sobre a saúde cardiovascular e metabólica.
 
Para o estudo, foram recrutados 25 homens e 25 mulheres com 55 a 70 anos de idade, com pré-diabetes e sem prática no desporto. 
 
A intervenção de 16 semanas contava com orientações alimentares e sessões de treino de futebol com uma duração inicial de 30 minutos, que aumentaram progressivamente até aos 60 minutos durante as últimas 10 semanas.
 
Antes da intervenção foi medida a saúde óssea dos participantes, cuja maioria apresentava excesso de peso e baixa forma física. 73% dos participantes tinham osteopenia e 24% osteoporose no fémur. A pré-diabetes e a diabetes de tipo 2 costumam causar uma prevalência mais elevada de osteopenia e fraturas ósseas.
 
Após a intervenção, foi observado um melhoramento (3,2% e 2,5%) nas partes do fémur afetadas, assim como no conteúdo mineral dos ossos (32 gramas). 
 
Adicionalmente, não foram verificadas lesões graves a nível ósseo, muscular e de tendões e os participantes gostaram da prática de futebol. As sessões incluíam sempre um aquecimento completo, que envolvia manipular a bola aos pares e jogos praticados em pequenas áreas, o que se revelou ideal para homens e mulheres de 70 anos de idade e pré-diabéticos.

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na “Scandinavian Journal of Medicine and Science in Sports”

Notícias Relacionadas