Porque os pais devem prestar atenção aos ouvidos dos filhosNotícias de Saúde

Quarta, 10 de Fevereiro de 2016 | 37 Visualizações

Fonte de imagem: Pixabay

A Perturbação do Processamento Auditivo é uma condição que afeta crianças e que deve ser avaliada atempadamente.

Sabia que é importante estimular o sistema auditivo das crianças? Sim, até aos 12 anos é importante aprimorar este sentido dos mais novos, uma vez que, mesmo apresentando uma audição normal, a Perturbação do Processamento Auditivo (PPA) poderá passar despercebida.

A PPA é uma “disfunção auditiva que impede a capacidade de reconhecer e interpretar os sons, tendo como consequência problemas na linguagem e aprendizagem”, explica o Gabinete Arte de Comunicar num comunicado a que o Lifestyle Ao Minuto teve acesso.

É fácil detetar esta disfunção? Não, porque, por vezes, é “confundida com dislexia, surdez ou défice de atenção”. A PPA “cria falhas na interpretação da mensagem que a criança ouve, como a troca de sons semelhantes” e é aqui que a atenção dos pais é fundamental.

Para tentar perceber se a criança tem ou não este problema, os pais devem atentar a situações em que o filho demora a aprender a falar, a ler ou a escrever, em que se distrai com facilidade, troca sons semelhantes, em que não compreende corretamente os textos que lê e apresenta dificuldade em memorizar ou compreender mensagens auditivas e em estabelecer relações sociais.

As principais causas desta condição são a falta de estímulos sonoros, as otites frequentes, os problemas respiratórios (sinusite ou rinites), o baixo peso à nascença e alguma perda auditiva.

"É importante que os pais percebam que o seu filho tem apenas uma imaturidade num ponto de desenvolvimento, e que vai passar", explica a médica Cristiane Lima Nunes, Fonoaudióloga e investigadora da Universidade do Minho.

A Fonoaudiologia e/ou Terapia da Fala são duas das terapêuticas que permitem ajudar a contornar os efeitos desta condição.

Partilhar esta notícia
Referência

Info-Saúde Relacionados