Porque é que se deve aplicar gelo em caso de lesão?Notícias de Saúde

Segunda, 24 de Abril de 2017 | 6938 Visualizações

Fonte de imagem: Kintec

Pode ajudá-lo a recuperar e a lidar melhor com a dor, mas em excesso a aplicação de gelo pode ser prejudicial.

Provavelmente aplicar gelo é uma das primeiras coisas que faz quando bate com o joelho ou torce o tornozelo. Certamente saberá que o gelo ajuda a reduzir o inchaço e a aliviar a dor, mas porque é que interferimos com a resposta natural do nosso corpo?

O canal de YouTube SciShow explica que quando sofremos uma lesão o corpo ativa um processo inflamatório, enviando muitas células sanguíneas e fluidos para reparar os estragos. Esta é uma parte importante do processo de cicatrização, mas o problema é que a resposta inflamatória do corpo tende a ser excessiva.

O inchaço excessivo pode fazer com que os fluídos se concentrem todos na zona afetada, impedindo que as células próximas consigam o oxigénio de que precisam para funcionar. E é por isto que aplicar gelo numa lesão faz bem.

Quando coloca gelo numa parte do corpo que está inflamada os tecidos e os vasos sanguíneos contraem-se limitando a passagem de sangue e fluidos para essa área e reduzindo o inchaço.

O frio consegue ainda desacelerar o metabolismo celular, para que usem o oxigénio que têm e não morram, e alivia a dor pois com o frio os neurónios têm mais dificuldade em circular e perceber os sinais de dor.

No entanto, se deixar o saco de gelo demasiado tempo sobre a lesão – mais do que 10 a 20 minutos de cada vez -, este pode fazer mais mal do que bem. Isto porque se o local da lesão ficar demasiado frio, as células sanguíneas e os fluidos circularão ainda mais para essa zona para a tentar aquecer.

Partilhar esta notícia
Referência
Vânia Marinho

Info-Saúde Relacionados