Porque é que as borbulhas deixam marca mesmo depois de desaparecem?Notícias de Saúde

Sábado, 24 de Junho de 2017 | 178 Visualizações

Fonte de imagem: DermCheck

Apertar a borbulha é uma das causas, mas não só.

A acne é um dos problemas cutâneos mais comuns e dos que mais afeta a autoestima. A presença de várias borbulhas em torno do rosto (ou outras partes do corpo) afeta negativamente o bem-estar de uma pessoa, sensação essa que, por vezes, se prolonga mesmo quando as borbulhas desaparecem mas deixam um rasto, isto é, uma cicatriz.

Como explica à revista InStyle a médica Estee Williamns, a mancha que fica na pele depois de uma borbulha desaparecer é o resultado de uma hiperpigmentação resultante da intensidade da inflamação da borbulha. Contudo, além da mancha, é ainda possível ficar uma pequena cicatriz (ou buraquinho) na pele, uma espécie de 'mini cratera' resultante do (péssimo) hábito de apertar as borbulhas até que estas 'expludam'.

Mas não é apenas o hábito de apertar uma borbulha aquele que mais faz crescer a probabilidade de ganhar uma cicatriz, o tipo de pele (se mais sensível), o hábito de fumar e ainda os genes podem também contribuir para tal, diz a médica.

Tratar de uma cicatriz causada por borbulhas nem sempre é fácil e a eficácia dos cremes deixa quase sempre muito a desejar, mas existem pequenos gestos que podem ajudar a atenuar a marca, como é o caso do hábito da esfoliação, o uso de protetor solar e de um creme que vá ao encontro das necessidades da pele. Procurar o aconselhamento médico e tentar avaliar os níveis vitamínicos também pode ajudar, pois um organismo reforçado é meio caminho andado para uma pele saudável.

Partilhar esta notícia
Referência
Daniela Costa Teixeira

Info-Saúde Relacionados