Plantas do tabaco estão a ser usadas para tratar lesõesNotícias de Saúde

Quinta, 20 de Abril de 2017 | 87 Visualizações

Fonte de imagem: Open Zambia

E se o tabaco pudesse ser usado para fins terapêuticos? Parece que as plantas do tabaco podem servir para algo benéfico e amigo da saúde.

As plantas do tabaco estão a ser usadas para criar proteínas da pele humana para criar uma nova forma de tratar lesões dos tendões, tais como o cotovelo de tenista ou golfista.

Como reporta o Daily Mail, estas plantas de crescimento rápido foram geneticamente alteradas para produzir folhas com colagénio – o principal componente dos tecidos conjuntivos do corpo, que inclui tendões, ligamentos, ossos e pele.

Em caso de lesões relacionadas com os tendões os tratamentos podem ser demorados e a cirurgia nem sempre funciona, mas um novo método que combina o sangue do paciente com o colagénio proveniente das plantas do tabaco pode ser bastante promissor.

Este novo tratamento - que também pode ser usado em queimaduras, úlceras venosas ou diabéticas - consiste em recolher um pouco de sangue do paciente, passá-lo por um processo que aumenta a quantidade de plaquetas (que promovem a cicatrização e cura de lesões), adicionar-lhe colagénio extraído das plantas de tabaco e reinjetá-lo na área afetada para ativar o processo de cicatrização.

Dominic Power, cirurgião no Queen Elizabeth Hospital, diz que “esta é um avanço emocionante no campo da medicina regenerativa”. Usar plantas neste processo significa que não há risco de transferir doenças entre pessoas através deste processo nem receio de rejeição.

Partilhar esta notícia
Referência

Info-Saúde Relacionados