Perturbação de jogoNotícias de Saúde

Quinta, 04 de Janeiro de 2018 | 12 Visualizações

Fonte de imagem: ThoughtCo

SICAD lança manual de intervenção em perturbações associadas ao jogo.

O Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD) lançou esta terça-feira, dia 2 de janeiro de 2018, o manual «Linhas de Orientação Técnica para a Intervenção em Comportamentos Aditivos e Dependências sem Substância: a Perturbação de Jogo».

O documento, que procura oferecer uma síntese integradora do conhecimento na problemática do jogo, em termos da sua compreensibilidade e da inerente intervenção clínica e psicossocial, surge como uma resposta possível às necessidades (in)formativas do corpo de profissionais especializados em Comportamentos Aditivos e Dependências (CAD), entre outros, designadamente do Serviço Nacional de Saúde.

De acordo com o manual, elaborado em cooperação com as administrações regionais de saúde – divisões de intervenção nos comportamentos aditivos e dependências (DICAD), em particular os centros de respostas integradas (CRI), as perturbações associadas ao jogo têm recebido uma atenção crescente por parte da comunidade científica e dos clínicos ao longo das últimas décadas, de certo modo análoga ao incremento e expansão das oportunidades de jogo, em particular nas sociedades ocidentalizadas. Trata-se de um conjunto de fenómenos que, pese embora englobados nesta grande categoria dos problemas do jogo, denuncia fenótipos bastante distintos, o que coloca desafios importantes para a intervenção.

Para saber mais, consulte:

SICAD Linhas de Orientação Técnica para a Intervenção em Comportamentos Aditivos e Dependências sem Substância: a Perturbação de Jogo

Partilhar esta notícia
Autor
SNS
Referência