Perda de peso brusca pode arruinar o seu metabolismo para sempreNotícias de Saúde

Sábado, 02 de Julho de 2016 | 78 Visualizações

Fonte de imagem: topcancerportugal

Estudo analisou o efeito que perder muito peso de forma muito rápida tem no metabolismo.

O programa de televisão ‘The Biggest Loser’ (em que a versão portuguesa se chamava ‘O Peso Certo’) - em que os concorrentes obesos mórbidos iniciam um esgotante programa de treinos e dieta, mas conseguem ao fim de cerca de 30 semanas perder algo como 60kg – acabou por imprimir a ideia de que é possível, ainda que com muito esforço, perder muito peso num curto espaço de tempo.

Recentemente um estudo publicado na revista Obesity analisou 14 participantes do programa ‘The Biggest Loser’ seis anos depois de estes terem aparecido no programa.

Em média estes participantes perderam cerca de 60kg durante 30 semanas da competição. Mas qual foi o impacto desta enorme e repentina perda de peso no metabolismo dos participantes? Como o corpo é muito bom a manter o equilíbrio e a manter-nos vivos, fez algo interessante que foi reduzir o número de calorias que queima e tornou-se ainda mais eficiente a armazenar energia – um processo que se chama adaptação metabólica.

Já no fim do programa a taxa metabólica de descanso (a energia que queima sem fazer nada, ou quando está em descanso, só para que se mantenha vivo) baixou de 610kcal por dia para 483. Tal mudança irá fazer da futura tentativa de perda de peso muito mais desafiante, independentemente da fome e do exercício.

Sem grande surpresa grande parte dos concorrentes acaba por recuperar todo, quase todo ou até mais do que o peso perdido. Mas será que com o peso de volta ao ‘normal’ - antes do treino e da dieta – também o metabolismo volta ao normal? O investigadores respondem que não.

Mesmo seis anos depois, os ex-participantes queimavam menos 700kcal por dia do que quando entraram no programa. O que significa que só para manter o peso teriam de gastar umas 700 calorias extra ou reduzir o seu consumo calórico em 700 calorias, além de tudo o que fizeram no programa.

Partilhar esta notícia
Referência
POR VÂNIA MARINHO

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados