Pequenos sinais diários (desvalorizados) que podem indicar demênciaNotícias de Saúde

Sexta, 30 de Outubro de 2015 | 70 Visualizações

Fonte de imagem: bcbay

Pequenos esquecimentos diários – muitas vezes desvalorizados e alvo de chacota – podem ser o sinal mais direto de possíveis problemas de memória no futuro.

A Universidade da Califórnia decidiu olhar com mais atenção para as vezes que as pessoas se queixavam de esquecer da chave em casa, do telemóvel no trabalho, dos chinelos no cacifo do ginásio. Estes pequenos esquecimentos são frequentes e desvalorizados, mas podem, na verdade, ser um indício de demência.

Conta o Daily Mail que a investigação detetou que as mulheres com estas falhas comuns de memória eram 70% mais propensas a ter doenças do foro cognitivo mais tarde, como o Alzheimer.

Mas, e independentemente do sexo, estes esquecimentos recorrentes podem ser causados pela educação, depressão, pressão sanguínea, Diabetes, derrame ou ataque de coração, o que leva a entender que umas doenças levam ao desencadear de outras.

Para que as pessoas deixem de desvalorizar estas falhas de memória, o Daily Mail listou os sinais de alarme a ter em conta:

1. Dificuldade em realizar mais do que uma tarefa;

2. Dificuldade em lembrar do local onde o carro estacionou, ou ter dificuldade em recordar a morada de casa ou de algum familiar;

3. Esquecer o nome de pessoas próximas;

4. Problemas em reconhecer rostos, cores, formas e palavras;

5. Repetir as mesmas afirmações e perguntas;

6. Mudanças de personalidade;

7. Encontrar objetos em locais onde não deveriam estar – e que possivelmente la foram parar por já não conseguir lembrar o local correto.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas