Para emagrecer, coma de pé. O conselho é do governo finlandêsNotícias de Saúde

Sábado, 20 de Junho de 2015 | 46 Visualizações

O ministério da Saúde da Finlândia emitiu nesta quarta-feira uma série de recomendações para ajudar os finlandeses a passar menos tempo sentados. A publicação, chamada "Sentar-se menos, Sentir-se melhor", apela às pessoas que façam algumas das suas refeições de pé, para evitar as consequências nocivas de passar demasiado tempo numa posição sentada.

"Entre aqueles que passam mais do que sete horas por dia sentados, cada hora a mais que é passada nessa posição aumenta o risco de morte em 5 por cento", avisa o ministério no seu documento, citado pela Agence France Presse. O ministério finlandês publicou o documento como resposta à crescente sedentarização do estilo de vida, o que acarreta riscos para a saúde, incluindo o aumento da obesidade, e dos problemas cardiovasculares e do sistema locomotor.

O apelo governamental sublinha que as pessoas "devem andar ou ir de bicicleta quando as distâncias são curtas ou permanecer de pé nos transportes públicos, e tentar manter formas de trabalhar que sejam fisicamente ativas".

O ministério acrescentou que o simples ato de sair do transporte público uma paragem antes do destino, para caminhar apenas 300 metros a mais do que o que se faria atualmente duas vezes por dia, acaba por se tornar em 150 quilómetros a mais no final do ano.

Apesar de o aviso se aplicar a todas as faixas etárias, uma preocupação especial é dedicada às crianças, que não devem permanecer sentadas mais de uma hora seguida. Na Finlândia, uma aula dura apenas 45 minutos.

Partilhar esta notícia
Autor
DN
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados