Os cinco erros mais típicos (e fatais) em dietasNotícias de Saúde

Sábado, 30 de Maio de 2015 | 34 Visualizações

Quando se começa uma dieta o objetivo é, maioritariamente, um: emagrecer o máximo possível e no mais curto espaço de tempo.

É certo e sabido que as dietas relâmpagos são prejudiciais mesmo sendo as mais eficazes, contudo a eficácia é por vezes apenas a curto prazo e os resultados acabam por ser um fracasso.

Numa altura em que o calor já começa a pedir umas idas à praia e uns corpos desnudos, a Women.es listou os cinco erros mais comuns quando se começa uma dieta.

Erro número 1: Começar uma redução drástica das calorias ingeridas.

As calorias são apenas números que servem para se ter uma noção do que se deve ou não comer, uma vez que as cem calorias de uma maçã não são iguais às cem calorias obtidas numa garfada de bolo.

Ao iniciar um corte de calorias está-se, por certo, a eliminar da alimentação alguns alimentos que, apesar de calóricos, são fundamentais, como é o caso dos frutos secos, carne e azeite.

Erro número 2: Perder cinco quilos ou mais numa semana.

Numa fase de emagrecimento, o recomendado é perder entre 500 gramas a um quilo por semana, só assim a fase de perda de peso será gradual e eficaz e aquilo que é eliminado do corpo é a gordura e não a massa muscular.

Erro número 3: Fazer a dieta da amiga

Cada pessoa tem um metabolismo diferente, um sistema imunológico próprio e independente. Tal como acontece com os medicamentos, as pessoas não devem adotar dietas só porque a amiga o fez e teve resultados. A reacção pode ser completamente adversa e dar azo a sentimentos de frustração e depressão.

Erro número 4: Saltar o jantar ou comer apenas fruta

Saltar refeições é im dos maiores pecados capitais da alimentação. Se o objetivo é emagrecer deve, sim, reduzir a ingestão de gorduras e hidratos de carbono depois das 18h00, mas nunca eixar de comer ou ingerir apenas um determinado alimento, em especial a fruta que é rica em frutose.

Erro número 5: Não fazer exercício

Os milagres do emagrecimento não existem. Se quer perder peso deve controlar o que come, mas não basta apenas cortar o que lhe faz mal, deve dar ritmo ao seu corpo, acelerar o seu metabolismo e queimar gordura em beneficio dos seus músculos.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados