Os benefícios do desporto para a concentração das criançasNotícias de Saúde

Segunda, 21 de Dezembro de 2015 | 366 Visualizações

Fonte de imagem: ospequenosenos

A falta de concentração é muito comum, especialmente na infância. Se o seu filho tem dificuldade em concentrar-se, ponha-o numa atividade desportiva.

O seu filho está calado a ouvi-lo mas parece que está com a cabeça noutro lugar? Ou então é tão tagarela que não se consegue concentrar ou ouvir o que lhe dizem?

“Muitas vezes, a criança precisa apenas de espaço para gastar energia, enfrentar desafios e fazer amigos”, afirma a psicóloga desportiva Mariana Corrêa à revista Claudia.

Na maioria das vezes a falta de concentração não se deve ao Transtorno do Défice de Atenção com Hiperatividade, que só acontece de 3 a 5% das crianças. Ainda assim o diagnóstico deve ser feito por um psiquiatra, neurologista ou neuropediatra.

Caso o transtorno seja descartado, Deborah Palma, coordenadora do curso de Educação Física da Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, avisa que a boa notícia é que o desporto pode ajudar muito a criança a aprender a concentrar-se.

Para as crianças mas ativas e faladoras a especialista recomenda “modalidades que proporcionem um gasto intenso de energia” mas para as crianças dispersas e com o pensamento distante, a escolha do desporto requer mais cuidado. Deve ser uma atividade de que a criança goste, só assim ela se irá dedicar de forma intensa e começar a desenvolver o foco.

Mariana Corrêa concorda. “Não basta que os pais encontrem uma modalidade gira. A criança deve ter curiosidade pelo desporto”. 

Para as crianças mais novas a natação é uma excelente opção. Já as mais velhas têm mais opções que podem passar pelas modalidades de atletismo que ajudam a canalizar energia e concentração. Geralmente, diz Deborah Palma, as atividades solitárias tendem a apresentar um melhor resultado no que toca à melhoria da concentração da criança.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas