O que os não fumadores devem saber sobre o cancro do pulmãoNotícias de Saúde

Terça, 13 de Outubro de 2015 | 80 Visualizações

Fonte de imagem: querosaber.

Apesar do que se possa assumir, não são só os fumadores e as pessoas mais velhas que podem sofrer de cancro dos pulmões.

Até há cerca de uma década, grande parte dos médicos consideravam quase impossível que alguém jovem e não fumador desenvolvesse cancro nos pulmões.

Só nos Estados Unidos, cerca de uma em cada cinco das 105,590 mulheres que se estima que tenham sido diagnosticadas com a doença neste ano são o que os médicos chamam de ‘nunca-fumadores’ – ou seja, que literalmente nunca acenderam um cigarro e quem nunca fumou mais de 100 cigarros na vida.

Aliás, como reporta o Huffington Post, de 200º a 2010, a taxa de cancro dos pulmões entre os ‘nunca-fumadores’ alcançou os 33%. Sendo que o cancro entre não fumadores é categorizado como um dos cancros mais mortais nos Estados Unidos, uma vez que os seus sintomas – tosse, dor no peito, dificuldades respiratórias - se confundem com doenças comuns.

Mas se a culpa não é do tabaco, é do quê? Certamente, o tabagismo passivo, bem como outros fatores ambientais, de acordo com a Agência de Proteção Ambiental norte-americana. Entre eles estão a exposição a certos gases radioativos. Mas vários estudos também relacionam este cancro com fatores relacionados com o estrogénio de infeções virais como o HPV, mas nenhuma se destacou como causa definitiva.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados