O que fazer para conseguir um intestino saudávelNotícias de Saúde

Terça, 23 de Agosto de 2016 | 3037 Visualizações

Fonte de imagem: tuasaude

Os intestinos querem-se fortes e saudáveis. Aprenda a cuidar dos seus.

A saúde intestinal é a base do bem-estar e da saúde geral e a ciência tem-se esforçado para provar isso e para mostrar que as bactérias que habitam nos nossos intestinos têm um papel fundamental para a saúde e para o bom funcionamento do sistema imunitário.

Uma das principais funções das bactérias intestinais é facilitar aabsorção de nutrientes, um aspeto essencial para o reforço do sistema imunitário e para o bom funcionamentos dos órgãos. Cálcio, cobre, ferro e magnésio são alguns dos minerais que beneficiam de uma flora bacteriana intestinal saudável.

Como revela o site Mind Body Green, a flora microbiana que habita nos intestinos tem ainda a capacidade de prevenir infeções e produzir vitaminas, especialmente as do complexo B e que se encontram num leque muito restrito de alimentos – quase sempre de origem animal, o que é um problema para as pessoas que seguem uma dieta vegan ou vegetariana.

Para que estas bactérias cumpram as suas funções corretamente é necessário cuidar do seu habitat. Evitar o stress, não tomar medicamentos desnecessariamente e adotar uma alimentação saudável e equilibrada são os requisitos essenciais para uma boa saúde intestinal. Segundo o médico Gary Kaplan, são estas as cinco formas mais eficazes de cuidar da saúde dos intestinos.

1 – Adicionar probióticos. Os alimentos fermentados ajudam a criar uma espécie de barreira protetora nos intestinos, o que faz com que fiquem fortalecidos e capazes de resistir a agressões externas. Saiba o que são probióticos e onde os pode encontrar.

2 – Comer mais fibra. A boa saúde intestinal também depende de um trânsito intestinal regulado e para isso nada como apostar em alimentos ricos em fibra, como aqueles que são encontrados nas frutas, nos vegetais e nos grãos integrais.

3 – Evitar alimentos processados e refinados. A quantidade de açúcar e gordura que estes alimentos industrializados possuem pode causar danos graves nos intestinos, incentivando a multiplicação das bactérias más (sim, a flora microbiana possui também bactérias nocivas para o organismo).

4 – Reduzir a toma de anti-inflamatórios. O consumo de ibuprofeno e de aspirina deve ser reduzido ao máximo, uma vez que estes fármacos danificam a placa protetora dos intestinos.

5 – Apostar em suplementos de glutationa e glutamina. Estes dois componentes (antioxidante e aminoácido, respetivamente) são importantes para a eliminação de toxinas e para o restabelecimento da mucosa intestinal.

Partilhar esta notícia
Referência
Daniela Costa Teixeira

Notícias Relacionadas