O chocolate está a acabarNotícias de Saúde

Quarta, 19 de Novembro de 2014 | 33 Visualizações

Algumas das principais empresas avisam que a procura continua a aumentar, mas a produção não consegue acompanhar a tendência, pois há cada vez menos chocolate.

Mau tempo, um vírus que atacou plantações e até o ébola são razões que estão a provocar preocupações entre os principais fabricantes de chocolate. Com o preço a aumentar, começa a ser difícil às empresas suportarem os elevados custos, numa altura em que além dos principais mercados procurarem cada vez mais o chocolate, na China e na Índia estão também a querer cada vez mais o doce.

O maior fabricante de chocolate, Barry Callebaut, admitiu ao The Telegraph a preocupação pelo aumento do preço e que até 2020 poder-se-á enfrentar uma escassez de chocolate. Salientou que a situação ameaça tornar-se insustentável se o preço continuar a subir. Fiona Dawson, da Mars Chocolate UK até 2020 poderá registar-se uma "escassez de um milhão de toneladas".

Entre os principais problemas estão a seca que afeta a Costa do Marfim e Gana, ao que se junta a epidemia do ébola na África Ocidental. Uma especialista, Lauren Bandy, explicou que os principais mercados - Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha e Rússia - estão a aumentar a procura, mas salientou que o interesse da China e Índia estão a colocar muita pressão nos fabricantes.

Partilhar esta notícia
Autor
DN
Referência
The Telegraph

Notícias Relacionadas