Nozes pecan podem proteger contra doenças cardíacas e diabetes tipo 2Notícias de Saúde

Terça, 27 de Março de 2018 | 96 Visualizações

Fonte de imagem: Pediaa.Com

O consumo de uma pequena dose diária de nozes pecan demonstrou efeitos significativos sobre os biomarcadores das doenças cardíacas e da diabetes de tipo 2, indicou um novo estudo conduzido por uma equipa de investigadores do Centro de Investigação de Nutrição Humana Jean Mayer USDA, da Universidade Tufts, EUA.
 
Para o estudo foram recrutados 26 homens e mulheres, com uma mediana de idades de 59 anos, com excesso de peso ou obesos e excesso de gordura abdominal. Durante quatro semanas de cada vez, os voluntários receberam uma dieta de controlo sem frutos de casca rija ou a mesma dieta com nozes pecan a substituírem 15% das calorias totais. 
 
A alimentação dos participantes foi cuidadosamente monitorizada. Tanto a dieta de controlo como a dieta rica em nozes pecan eram pobres em hortaliça, fruta e fibra. Os níveis de proteínas, hidratos de carbono e de gordura total foram idênticos.
     
O estudo revelou que a incorporação de nozes pecan numa dieta tipicamente norte-americana tinha feito aumentar a sensibilidade à insulina, e exerceu um efeito significativo nos marcadores de doenças cardiometabólicas nos participantes. 
 
“As pecan são naturalmente ricas em gorduras monoinsaturadas e polinsaturadas, sendo que substituir uma porção de gordura saturada na alimentação por aquelas gorduras mais saudáveis pode explicar alguns dos efeitos cardioprotetores observados”, comentou Diane McKay, investigadora que liderou o estudo.
 
“Mas as pecan também contêm um número de compostos de plantas bioativos, assim como vitaminas e minerais essenciais que provavelmente contribuem todos para este benefício. O que é mesmo interessante é que uma pequena alteração – comer um punhado de pecan por dia – pode exercer um grande impacto sobre a saúde desses adultos em risco”, concluiu.

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na “Nutrients”

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados