No Dia Mundial do AVC, eis tudo o que tem que saberNotícias de Saúde

Quinta, 29 de Outubro de 2015 | 55 Visualizações

Fonte de imagem: leandroteles

Quando o assunto são os acidentes vasculares cerebrais (AVC), há algo a ter (muito) em conta, os três ‘F’: falta de força num braço, face desviada e fala perturbada.

Celebra-se a 29 de outubro o Dia Mundial do AVC, doença repentina e com efeitos imediatos no corpo.

O acidente vascular cerebral surge quando o fornecimento de sangue para uma parte do cérebro é impedido, o que faz com que células cerebrais fiquem danificadas e incapazes de cumprir a sua função. Esta limitação tem um impacto direto nas funções corporais.

Na hora de decifrar os sintomas de um AVC, a Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral (SPAVC) diz que é necessário tem atenção ao aparecimento dos três ‘F’, isto é falta de força num braçoface desviada e fala perturbada.

Contudo, existem outros sintomas de risco que não podem passar despercebidos.Dormênciafraqueza ou paralisia de um lado do corpo (pode ser um braço, perna ou parte inferior da pálpebra descaídos, ou a boca torta e salivante), fala arrastada ou dificuldade em encontrar palavras ou discurso compreensível, visão subitamente enublada ou perda de visão, confusão ou instabilidade e ainda forte dor de cabeça.

“A rápida identificação de um destes sinais pode salvar a vida da pessoa que está a sofrer o AVC”, esclarece Castro Lopes, Presidente da SPAVC. E no caso de reconhecer um destes sintomas (ou a conjunção de vários), é urgente ligar para o 112.

E como é cada vez mais importante conseguir adotar um estilo de vida saudável, a SPAVC vai ligar uma série de atividades ligadas ao exercício físico em Setúbal (dia 30 no Centro Hospitalar de Setúbal), em Braga (no dia 31 através da II Corrida & Caminhada contra o AVC – às 16h00 na Avenida Central) e no Porto (também no dia 31 com o evento ‘Caminhe pelo AVC’, na Praça da República pelas 10h00).

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados