Mutação genética descoberta em certos tumores cerebraisNotícias de Saúde

Domingo, 19 de Janeiro de 2014 | 237 Visualizações

Cientistas dos EUA identificaram um gene com mutação que pode ser responsável pela maioria dos casos de um tumor cerebral benigno específico. Uma vez que a mutação já havia sido identificada em outros tumores, já existem medicamentos, o que pode facilitar significativamente o tratamento, escrevem os pesquisadores na revista científica "Nature Genetics".

Os cientistas conduziram o sequenciamento de DNA em exoma completo em diversos craniofaringiomas papilares. Em 95% dos casos, observou-se que uma mutação no gene BRAF era o único fator desencadeador do tumor, explicou o coautor sênior Sandro Santagata da Escola de Medicina de Harvard, em Boston (Massachusetts).

Até hoje, somente era possível tratar esses tumores com radiação e cirurgias repetidas. Mas os inibidores do BRAF já estão sendo usados contra melanomas, pelos quais uma mutação do BRAF também pode ser responsável. Há planos de estudos clínicos em que esses agentes serão usados contra craniofaringiomas papilares, disseram os autores.

De acordo com as análises, o outro tipo desse tumor, chamado craniofaringioma adamantinomatoso, que afeta principalmente crianças, é desencadeado por um tipo diferente de mutação. Aqui, o gene CTNNB1 é afetado. Medicamentos estão sendo pesquisados.

Partilhar esta notícia
Autor
Revista científica "Nature Genetics" / Univadis
Referência
Escola de Medicina de Harvard, em Boston

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados