Mulheres perdem a acuidade mental dez anos mais cedo do que se pensavaNotícias de Saúde

Quarta, 25 de Janeiro de 2017 | 61 Visualizações

Fonte de imagem: Keyword Suggestions

Um novo estudo sugere que a mente das mulheres enfrente problemas relacionados com a memória uma década mais cedo que se estimava: aos 50 anos.

O cérebro das mulheres começa a perder capacidades na casa dos 50 anos, uma década mais cedo do que se acreditava.

De acordo com um novo estudo, em média a mente feminina perder cerca de 5% da sua acuidade entre os 50 e os 60 anos. Uma queda que, segundo os investigadores, não parece ser provocada pela menopausa.

O declínio notou-se em duas áreas-chave do funcionamento mental: velocidade de processamento e memória verbal, segundo nota o estudo publicado na revista Plos One.

Os investigadores da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, que fizeram esta descoberta sublinham que este não é um alerta de demência, mas sim uma característica normal do envelhecimento, que pode ser seguida ou até revertida.

Segundo reporta o Daily Mail, estas descobertas foram baseadas num estudo que seguiu mais de 2.000 mulheres saudáveis inscritas aos 40 anos, por dez anos após a menopausa.

Partilhar esta notícia
Referência
Vânia Marinho

Notícias Relacionadas