Mulheres otimistas vivem mais anos, diz a ciênciaNotícias de Saúde

Domingo, 05 de Fevereiro de 2017 | 33 Visualizações

Fonte de imagem: Mulheres otimistas

Estudo aponta a importância de viver a vida sempre com positivismo 

Ter uma mente positiva e ver sempre o lado bom da vida e das situações pode dar anos de vida… pelo menos para as mulheres.

Conta um recente estudo da Faculdade de Saúde Pública T.H. Clan da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, que as mulheres otimistas correm um risco significativamente menor de morrer por causas cardiovasculares, respiratórias, infecciosas ou oncológicas.

Publicado na revista American Journal of Epidemiology, e citado pelo jornal espanhol ABC, o estudo teve por base a análise dos relatórios médicos de cerca de 70 mil mulheres e os seus graus de otimismo e estilo de vida.

E as conclusões não poderiam ter sido mais animadoras: 25% das mulheres confessaram ser otimistas e mostraram ser 30% menos propensas de morrer por várias causas. No que toca às doenças em si, as mulheres com uma mente mais positiva eram 52% menos propensas a morrer devido a causas infecciosas, 39% menos propensas a morrer por problemas cardíacos e 16% de cancro, por exemplo.

Abraçar o otimismo é fundamental em qualquer género e nas mais variadas fases da vida. Segundo a mesma universidade de Harvard, estas são as melhores formas de consegui-lo.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas