Medo do Pai Natal é muito comumNotícias de Saúde

Quarta, 25 de Dezembro de 2013 | 91 Visualizações

Em comunicado de imprensa, o Hospital Cuf Porto explica que, ainda que pareça estranho, ter medo do Pai Natal é muito comum entre as crianças.

“De acordo com as idades, as crianças têm diferentes reações ao Natal e, principalmente, ao Pai Natal.  Nos dois primeiros anos, é natural que a criança sinta medo. Esta reação pode corresponder ao aparecimento inesperado da figura do Pai Natal na vida da criança”, explica Emídio Carreiro, diretor do Cento da Criança e do Adolescente do Hospital Cuf Porto.

Para que os mais novos se familiarizem com esta figura natalícia, é essencial que os pais facilitem o processo de adaptação e os ajudem a construir a imagem do Pai Natal.

Por volta dos 5-6 anos, é natural que a criança comece a duvidar da existência do Pai Natal. Nessa altura, o pediatra recomenda que os pais não contrariem a criança quando esta começar a levantar dúvidas.

“Os pais e educadores devem explicar a verdade sobre o Pai Natal, fazendo referência ao simbolismo da bondade, generosidade, partilha e atitudes de compreensão que se associam à época de Natal, dando exemplos familiares e outros que as crianças reconheçam”, lembra.

Emídio Carreiro deixa ainda um conselho: “As listas de presentes de Natal devem servir para que os pais expliquem às crianças a utilidade de cada brinquedo que pedem. Se pedirmos à criança que, da lista, vá selecionando os brinquedos que mais precisa, os pais podem ir eliminando alguns até um número mais reduzido”.

Partilhar esta notícia
Autor
Hospital Cuf Porto / Alert
Referência
Hospital Cuf Porto