Meditar e perder peso. A ligação que o vai fazer pensarNotícias de Saúde

Domingo, 12 de Junho de 2016 | 719 Visualizações

Fonte de imagem: Pixabay

Emagrecer com a ajuda da mente é a proposta do nutricionista Alexandre Fernandes. Veja como é possível programar o cérebro para perder peso.

O excesso de peso é a consequência direta da alimentação, do estilo de vida e do estado mental de uma pessoa. A fome emocional é uma realidade e a principal culpada pelos quilos a mais que teimam em não desaparecer.

Mas, se a mente é uma das responsáveis pelo excesso de peso, pode também ser a mente uma das impulsionadoras da perda desses quilos a mais? Sim. A ideia é defendida pelo nutricionista Alexandre Neto que, no seu mais recente livro ‘A Dieta da Meditação’ [editora Presença], culpa os sentimentos, os pensamentos, os traumas e os vícios pelo excesso de peso que assombra cada vez mais pessoas.

Ao longo de mais de 190 páginas, o especialista dá a conhecer o poder da mente na hora de comer mais do que o esperado, mas também na hora de criar um auto-controlo e uma confiança tal que permite deitar por terra todo e qualquer quilo que esteja a mais. E meditação é a palavra de ordem, até porque “diversos estudos científicos têm demonstrado que elevados níveis de cortisol [hormona do stress] levam a uma diminuição da sensibilidade à leptina, a hormona que transmite a sensação de saciedade ao cérebro”, como pode ler aqui e aqui.

E como é que se controla o stress e as consequências da correria e da azáfama do dia-a-dia? Treinando a mente, desprogramando-a e programando-a novamente, mas desta vez para o caminho correto.

“O ideal é que seja capaz de meditar em qualquer lugar e a qualquer hora, mas é sempre aconselhável escolher um local específico para o fazer, sobretudo se estiver a iniciar-se nesta prática”, diz o autor no seu livro, onde dá uma série de dicas e conselhos que vão ao encontro da promessa feita: perder entre seis a oito quilos em apenas 21 dias. E tudo através do poder da mente e da junção de uma alimentação equilibrada.

Além de um regime alimentar e de um vasto leque de receitas vegetarianas, o nutricionista revela no seu livro como se pode preparar e acalmar o corpo, como o controlo da respiração e a análise dos pensamentos são importantes para a pessoa se livrar das preocupações e, com isso, mentalizar-se para emagrecer. Afinal, é preciso fazer uma desprogramação biológica para livrar o corpo de todos os ‘males’ e começar do zero.

 

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas