Meditação a longo prazo associada a maior massa cinzentaNotícias de Saúde

Quinta, 10 de Março de 2016 | 31 Visualizações

Fonte de imagem: gurukul

Investigação espanhola e norte-americana traça novos benefícios da meditação a longo prazo.

As pessoas que meditam há muitos anos têm uma massa cinzenta maior do que aquelas que apenas meditam algumas vezes.

A conclusão é simples e surge depois de um grupo de investigadores espanhóis e norte-americanos terem analisado 23 profissionais de meditação Sahaja Yoga e 23 pessoas que praticavam a mesma disciplina mas não de forma recorrente.

Publicado há uma semana no site da Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos, o estudo revela como as ressonâncias magnéticas realizadas aos participantes (que não seguiam uma linha de género, idade e nível de escolaridade) mostram diferenças em várias regiões cerebrais.

O volume de massa cinzenta dos praticantes a longo prazo é maior em várias regiões do hemisfério direito e também do esquerdo, o que para os cientistas indica que possuem um maior auto-controlo, compaixão e atenção.

No ano passado, um estudo de uma faculdade norte-americana ligou a prática a benefícios cognitivos, nomeadamente a capacidade de melhorar os índices de atenção e concentração, ou, por exemplo, de reduzir sintomas ligados à ansiedade.

Partilhar esta notícia
Referência