Mais velhos com diabetes de tipo 1 muitas vezes não detetam hipoglicemiaNotícias de Saúde

Terça, 02 de Abril de 2019 | 8 Visualizações

Fonte de imagem: Medical News Today

Os adultos de idade mais avançada podem experienciar episódios de hipoglicemia, ou seja, níveis baixos de glicose (açúcar) no sangue, durante mais de uma hora por dia sem se aperceberem, sugeriu uma equipa de investigadores.
 
Com efeito, os investigadores do Centro Internacional da Diabetes, em Mineápolis, EUA, detetaram que os pacientes com diabetes de tipo 1 que não se apercebem de tal poderão passar mais de 100 minutos por dia com níveis considerados como hipoglicemia.
 
Os níveis baixos de glicose no sangue podem causar visão turva, dificuldades de concentração, confusão, vertigens, cansaço, fala arrastada e outros. Se a hipoglicemia for severa, poderá provocar convulsões, perda de consciência e mesmo morte.
 
Acontece que muitos doentes não experienciam sintomas e, portanto, poderão não se aperceber que estão a ter um episódio de hipoglicemia. Ao não tratarem a hipoglicemia, estes doentes estão a colocar-se em risco de sofrerem um episódio de hipoglicemia severa. Se o episódio ocorrer durante o sono, o doente fica mais propenso a não despertar.
 
Para o estudo, os investigadores liderados por Anders Carlson, conduziram um ensaio clínico que contou com a participação de 203 doentes com 60 anos ou mais de idade e diabetes de tipo 1.
 
Os participantes usaram um dispositivo que permitiu monitorizar os níveis de glicose, de forma contínua, durante um período de até 21 dias. 
 
Como resultado, a equipa observou que os participantes passavam uma média de 72 minutos diários com os níveis de glicose abaixo dos 70 mg/dl e 24 minutos por dia com os níveis abaixo dos 54 mg/dl. 
 
“Este estudo com indivíduos mais velhos demonstra que estes pacientes passam mais de uma hora por dia num nível de hipoglicemia, o que os coloca em risco dos perigos da glicose baixa no sangue”, confirmou Anders Carlson.
 
Segundo o investigador, estes achados realçam a necessidade de intervenções para ajudar a reduzir o risco de hipoglicemia severa naquele grupo.

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo apresentado no Congresso ENDO 2019

Notícias Relacionadas