Mais de metade das portuguesas teve o primeiro filho depois dos 30Notícias de Saúde

Quarta, 13 de Maio de 2015 | 20 Visualizações

Em Portugal, a idade média das mães ao nascimento do primeiro era de 28,9 anos, em 2013. Foi a 11.ª mais alta nos 28 estados-membros da União Europeia (UE), cuja idade média era de 28,7 anos. E mais de metade foram mães pela primeira vez depois dos 30 anos.

Dados divulgados esta quarta-feira pelo Eurostat, a propósito do Dia Internacional da Família que se celebra na sexta-feira, mostram que, em 2013, 48,2% teve o primeiro filho depois dos 30 anos e 2,6% após os 40, contra uma média europeia, respetivamente, de 40,6% e 2,8%.

Os dados do gabinete de estatísticas europeu revelam, também, que do total de nascimentos registados 55,3% diziam respeito a primeiros filhos, o que corresponde ao valor mais elevado em toda a UE, cuja média foi de 47,1%. E apenas 8,4% e 3,1% tiveram mais de três ou quatro filhos, respetivamente.

Em termos europeus, e de acordo com os dados do Eurostat, 40,6% das mulheres foi mãe pela primeira vez depois dos 30 anos. A Bulgária é o país onde se é mãe mais cedo (25,7 anos), estando a Itália em sentido inverso (30,6). Num total de 5,1 milhões de nascimentos registados em 2013 na União Europeia, um em cada cinco diziam respeito a terceiros ou mais filhos.

Partilhar esta notícia
Autor
JN
Referência

Notícias Relacionadas